Claro ainda não sentiu efeitos da crise


Ainda é cedo para qualquer avaliação. “Só poderemos traçar algum cenário ao final do primeiro trimestre”, diz João Cox, presidente da Claro que hoje divulgou seus resultados do último trimestre de 2008. No entanto, Cox destaca que janeiro, mês tradicionalmente fraco juntamente com fevereiro, foi melhor para a Claro do que janeiro de 2008. E …

Ainda é cedo para qualquer avaliação. “Só poderemos traçar algum cenário ao final do primeiro trimestre”, diz João Cox, presidente da Claro que hoje divulgou seus resultados do último trimestre de 2008. No entanto, Cox destaca que janeiro, mês tradicionalmente fraco juntamente com fevereiro, foi melhor para a Claro do que janeiro de 2008. E fevereiro também começou bem.

Apesar das imponderáveis no horizonte, Cox espera que a empresa repita, em 2009, sua trajetória de crescimento da base e de expansão da receita. “Temos convicção de que vamos crescer sustentadamente”, diz ele.

Anterior América Móvil lucra mais do que o esperado
Próximos Zilli deixa a Acel. Costa assume.