A fabricante de equipamentos de redes Cisco espera continuar registrando crescimento em sua receita após anunciar resultados positivos para o segundo trimestre fiscal na quarta-feira (8) atribuídos ao seu processo de reestruturação, o que levou a companhia a elevar seus dividendos para o período.

 

A receita subiu 10,6% em relação aos mesmo três meses do ano anterior, para US$ 11,5 bilhões, enquanto o lucro subiu de US$ 1,5 bilhão para US$ 2,2 bilhões. Para o próximo trimestre, a Cisco espera um aumento mais modesto, de entre 5% e 7%, na receita, para entre US$ 11,4 e US$ 11,6 bilhões.

 

A companhia afirmou que pretende pagar um dividendo trimestral de US$ 0,08 por ação comum, dois centavos a mais que no trimestre passado. “Nosso foco operacional continua gerando resultados positivos – atingimos nossa meta de reduzir nossas despesas em US$ 1 bilhão um trimestre mais cedo”, disse o president-executivo da Cisco, John Chambers.

 

No ano passado, a Cisco diminuiu suas operações no Mercado consumidor e cortou milhares de postos de trabalho em quarto meses de reestruturação que visavam cortar custos em US$ 1 bilhão.