Cisco libera WiFi no Porto Maravilha para os Jogos Olímpicos


Começou a funcionar no sábado, 07, o WiFi gratuito do Porto Maravilha, obra de revitalização para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que acontecem em agosto. A infraestrutura foi implantada pela Cisco, que também patrocina os jogos. A primeira fase do projeto, que é experimental, foi lançada no sábado, 07, na Praça Mauá, durante a inauguração de mais um trecho da Orla Conde.

A próxima fase de cobertura do projeto de WiFi público inclui área de 1,4 km de extensão entre os armazéns 1 e 8, totalizando 100 mil metros quadrados até julho. Por trás da solução, a Cisco conta com um data center que viabilizará a ampliação da rede conforme as necessidades da região.

No centro do projeto estará a plataforma Cisco Mobility Services Engine (MSE) e a tecnologia Cisco® Connected Mobile Experiences (CMX), ferramenta de análise baseada em localização. Com a Cisco CMX será possível coletar informações do fluxo e da concentração de pessoas, além de dados demográficos para planejamento estratégico da cidade. Com as informações coletadas, será possível otimizar as redes de acordo com o tráfego, fornecer conteúdo personalizado e até mesmo ajustar posição e horários de agentes públicos para atendimento à população.

Foram utilizados Access Points e controladoras Wi-Fi com a tecnologia Clean Air, exclusiva da Cisco. A tecnologia usa coprocessamento para identificar, mitigar e eliminar proativamente interferências de antenas e redes vizinhas, resolvendo o problema de intermitência de sinal frequente em ambientes públicos de alta densidade demográfica como a do Porto Maravilha. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Quanto valem os drones? US$ 127 bi, segundo a PwC
Próximos Brasil Inteligente consegue dinheiro das teles para financiar pequenos e Telebras

1 Comment

  1. Thomaz Barros
    10 de Maio de 2016

    Bela iniciativa. No entanto, torço para que os vândalos e criminosos não roubem os equipamentos. O Rio de Janeiro já teve experiência parecida na Avenida Brasil, mas infelizmente não durou 6 meses por conta da criminalidade.