Cisco lança sistema para redes de internet móvel


A Cisco lançou nesta terça-feira (5) a Plataforma Cisco® ASR 5500, para redes de internet móvel. O novo sistema amplia a série Cisco ASR 5000 e, segundo a empresa, oferece a agilidade e a escala que as operadoras precisam para atender à demanda crescente por serviços móveis. A nova plataforma Cisco ASR 5500 foi projetada …

A Cisco lançou nesta terça-feira (5) a Plataforma Cisco® ASR 5500, para redes de internet móvel. O novo sistema amplia a série Cisco ASR 5000 e, segundo a empresa, oferece a agilidade e a escala que as operadoras precisam para atender à demanda crescente por serviços móveis.

A nova plataforma Cisco ASR 5500 foi projetada para capitalizar sobre avanços na arquitetura de software otimizada em novo hardware especificamente desenvolvido para tal.

As caracterĩsticas da plataforma respondem à tendência de crescimento significativo do uso de dispositivos móveis, maior uso dos ao aplicativos de próxima geração e aumento de serviços M2M (máquina a máquina), pela qual equipamentos como medidores e sensores inteligentes usam a rede móvel.

Essas tendências devem significar quase 19 bilhões de conexões fixas e móveis com a Internet até 2016, de acordo com a previsão do Cisco Visual Networking Index (VNI) Forecast (2011 – 2016).

No novo sistema, cada conexão tem seus próprios requisitos específicos, com base no tipo de dispositivo e aplicativo usado, que devem ser atendidos para entregar uma experiência móvel superior e personalizada.

O sistema Cisco ASR 5500 é um pacote core elástico capaz de integrar sinalização, dados, serviços em linha e controle de política e de cobrança numa única plataforma.

Segundo a empresa, a solução oferece melhoria de desempenho de dez vezes no throughput, capaz de aumentar de centenas de gigabits para uma plataforma de terabits. O sistema ainda tem capacidade de auto-dimensionar recursos de rede existentes para atender variações substanciais no comportamento de rede.

A arquitetura móvel elástica da Cisco permite que os aplicativos dimensionem para cima ou para baixo para atender requisitos de processamento. Isto garante às operadoras a capacidade única para ajustar os recursos e adaptar-se a várias condições e padrões de uso de rede, resultando em economia melhorada de rede, economizando aos clientes até 47% do custo total de propriedade, de acordo com um estudo publicado pela ACG Research. (Assessoria de imprensa)

Anterior Operadoras de celular fazem acordo para recolher aparelhos em SP
Próximos TIM lança Samsung Galaxy S III no Brasil