Cisco fornece insights de rede


A Cisco anunciou hoje, 17, novas soluções de rede baseada em intenção para ajudar a otimizar as operações de redes empresariais. As inovações são focadas em simplificar a automação e fornecer insights de TI e de negócios, de acordo com a fabricante.

A fabricante apresentou inovações em automação de SD-WAN e User-Defined Networks. Em SD-WAN, passa a oferecer integração da plataforma de segurança Umbrella, suporte a multicast, voz integrada e comunicações unificadas. Já a ferramenta User-Defined Networks passou a permitir que a equipe de TI dê aos usuários finais o controle sobre a própria rede sem fio, escolhendo que dispositivos podem ou não ser conectados.

PUBLICIDADE

Além disso, a organização está expandindo os insights para dispositivos que antes não eram monitorados, melhorando o gerenciamento dos dispositivos de IoT. Para isso, a empresa desenvolveu o AI Endpoint Analytics, que identifica dispositivos antes desconhecidos em larga escala. Então, usará várias fontes contextuais e inteligência artificial para agrupá-los logicamente. Outra ferramenta apresentada permite analisar fluxos de tráfego entre grupos de dispositivos para elaborar políticas base para segmentação.

Outro novo desenvolvimento da empresa é o Indoor IoT Services, uma espécie de IoT-as-a-Service indoor do mercado, com access points de WiFi-6 para ajudar os clientes a implementar aplicações internas de IoT.

Localização interna

A empresa afirma que a plataforma de serviços de localização interna, Cisco DNA Spaces, está ganhando novas capacidades para ampliar a visibilidade e fornecer informações às empresas que buscam manter espaços físicos seguros.

A empresa adicionou à plataforma ferramentas de análise histórica e em tempo real. Estas, foram criadas para ajudar as empresas a monitorar os espaços de trabalho a fim de cumprir as diretrizes de distanciamento social. Os clientes podem usar apps integrados para monitorar a densidade de pessoas nos prédios e analisar como eles estão sendo utilizados.

Segundo a companhia, os novos recursos serão disponibilizadas ao longo do segundo semestre, exceto pelas novas funcionalidades em SD-WAN, que já estão disponíveis. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Teatro Vivo promove a transmissão de espetáculos online
Próximos Comprador da OI móvel arcará com as pesadas obrigações do PGMU IV?