Cinturão Digital leva banda larga para o interior do Ceará


Apenas cinco dos 184 municípios do Ceará têm acesso a internet em banda larga (velocidade de 1 a 2 Mbps). Para ampliar este acesso, e reduzir custos com serviços de comunicação, o governo do estado decidiu investir no programa Cinturão Digital, que irá prover banda larga a 82% da população urbana do estado. Orçado em …

Apenas cinco dos 184 municípios do Ceará têm acesso a internet em banda larga (velocidade de 1 a 2 Mbps). Para ampliar este acesso, e reduzir custos com serviços de comunicação, o governo do estado decidiu investir no programa Cinturão Digital, que irá prover banda larga a 82% da população urbana do estado. Orçado em cerca de R$ 50 milhões, o projeto  está em fase de execução de 3 mil quilômetros de fibras ópticas, que vão cobrir vários municípios do interior e Fortaleza. Numa segunda etapa, o governo vai licitar os equipamentos com tecnologia DWDM (Dense Wavelength Division Multiplexing), antenas e serviços de gerenciamento e manutenção. A previsão é que o Cinturão Digital esteja instalado em julho de 2009.

O Cinturão Digital tem por objetivos prover os órgãos do governo com serviços de dados e voz e videoconferência — incluindo escolas, bibliotecas, ilhas digitais — e atrair para os municípios empresas de serviços que gerem renda, principalmente às classes D e E. A infra-estrutura de telecomunicações será provida pela Etice (Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará), que coordena o projeto. A transmissão de dados será de 1 Gbps no interior e de até 2 Gbps na capital. O projeto também inclui conexão para a última milha, sinal sem-fio (na freqüência de 5,8 GHz, do WiMAX). (Da redação)

Anterior iPhone à venda no Extra em São Paulo
Próximos Novo PGO permite fusão da BrOi, mas rejeita o monopólio privado.