China tem 426 milhões de usuários móveis


O Ministério da Indústria de Informação da China informou que, no fim de junho, o país tinha mais 33 milhões de clientes do serviço móvel do que há um ano, totalizando 426 milhões de assinantes, o equivalente a uma penetração de quase 33%. O setor de telecom gerou receita da ordem de 345,7 bilhões de …

O Ministério da Indústria de Informação da China informou que, no fim de junho, o país tinha mais 33 milhões de clientes do serviço móvel do que há um ano, totalizando 426 milhões de assinantes, o equivalente a uma penetração de quase 33%. O setor de telecom gerou receita da ordem de 345,7 bilhões de yuans (US$ 43,4 bilhões), com crescimento anual de 11%.

No primeiro semestre deste ano, os serviços de dados produziram faturamento de 22,8 bilhões de yuans, dos quais 7 bilhões provenientes de SMS, 5 bilhões de MMS.

Segundo analistas, o governo chinês e as duas operadoras móveis do país recentemente adotaram medidas para dar maior transparência às contas dos serviços móveis e punir empresas que enganem os clientes. Num primeiro momento, dizem os provedores de conteúdo, as novas regras vão ter efeito adverso sobre a receita, já que terão que migrar de um sistema de assinatura mensal para um baseado no tempo de uso. Mas admitem que, a longo prazo, maior transparência e novas plataformas tecnológicas (3G) vão estimular o crescimento contínuo da receita de dados móvel.

PUBLICIDADE

(Da Redação, com agências internacionais)

Anterior Lojas da Brasil Telecom começam a vender telefone convergente no dia 3
Próximos E-Consulting: em 2008, mais de 8 milhões de assinantes em banda larga no Brasil.