CES: LG lança TV que se enrola. Samsung divulga acordo com Apple


A feira CES começa oficialmente amanhã, 8, em Las Vegas (EUA), mas os anúncios já começam a pipocar. Um dos mais ousados, que poderá ser conferido de perto pelos frequentadores do evento, é da sul-coreana LG: uma TV OLED capaz de se enrolar e desaparecer da sala. O aparelho pode ficar guardado como um telão, dentro de um móvel próprio, com se vê na imagem divulgada pela companhia.

O televisor que se esconde da LG em três momentos: com a tela toda exposta, parcialmente exposta, e toda escondida na sua base.
A LG pensou em como colocar uma TV dentro da caixa para esta edição da CES 2019

O televisor é o primeiro do tipo no mundo, e faz parte da linha Signature Oled TV R da LG. A fabricante diz que o produto é compatível com o sistema de conexão AirPlay 2, da Apple, o que permite o streaming de conteúdos da iTunes Stores diretamente para o aparelho. Também é possível usar o televisor como um alto-falante inteligente, graças à aplicação de inteligência artificial e reconhecimento de voz – ou através da Siri em iPhones e iPads.

Este dispositivo mede 65 polegadas e tem três modos de funcionamento: integral, com o display todo levantado, parcial, em que um pedaço aparece – suficiente para funcionar como um relógio (bem caro) ou exibir a previsão do tempo. E o escondido, em que a tela some, mas os alto-falantes continuam acionados para reproduzir músicas. A empresa não deu estimativa de preços. O produto chegará ao mercado no segundo semestre, nos EUA.

Samsung com Apple

Já a Samsung também anunciou parceria com a Apple como uma das principais novidades às vésperas da feira. Rivais no mercado de smartphones, ambas agora se aproximaram no segmento de TVs. A partir deste ano, os televisores inteligentes da coreana virão com o aplicativo iTunes de fábrica.

Os novos aparelhos da Samsung também serão compatíveis com o sistema AirPlay 2 da Apple. Alguns modelos de smartvs fabricados em 2018 poderão baixar uma atualização de firmware e passar a ter o mesmo recurso. A loja iTunes de vídeos vai funcionar em 100 países, ainda não revelados.

Apple e Samsung não revelaram por quanto tempo a parceria terá validade, nem se a Apple pagará algo à Samsung quando os clientes comprarem um filme pela iTunes. Para o vice-presidente da unidade de Displays da empresa coreana, Won-Jin Lee, “a oferta de mais conteúdo, valor e funcionalidades de plataforma aberta aos donos de TVs da Samsung e clientes da Apple é ideal para todo mundo”.

Anterior Ericsson pede prisão de dono de operadora de celular da Índia
Próximos Integrantes da FCC faltam a compromissos nos EUA por falta de recursos

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *