CERT.br lança cartilha sobre compra segura na internet


Atento a esse crescimento do comércio pela internet, o Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (CERT.br), mantido pelo Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), órgão ligado ao Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), apresenta o fascículo de sua Cartilha de Segurança dedicado aos cuidados com as compras feitas em sítios de Comércio Eletrônico.

Este é o terceiro conjunto de fascículos e slides publicados este ano pelo CERT.br. Assim como os outros dois, (Redes Sociais e Senhas), a ideia é destacar e reforçar assuntos específicos de grande relevância para o uso da Internet com mais segurança. Estudo do órgão aponta que entre 2010 e 2011 houve crescimento de 69% neste tipo de transação comercial.

Neste fascículo, os organizadores atentam para golpes virtuais como: tentativa de utilização de páginas falsas (phishing) por criminosos e a criação de portais de comércio eletrônico ou leilão fraudulentos. O material orienta ainda sobre a possibilidade do consumidor não ter seu produto entregue ou recebê-lo com atraso; atenta também para a compra de produtos danificados e para a possibilidade de ter seus dados financeiros usados indevidamente, entre outros riscos.

O fascículo procura oferecer ainda dicas aos consumidores. Começa, por exemplo, orientando sobre a importância de usar um computador seguro, evitando máquinas de terceiros. Destaca ainda o cuidado que se deve ter na elaboração das senhas que serão utilizadas nestes sítios.

Com essas premissas atendidas, o CERT.br orienta o consumidor a procurar sempre por marcas confiáveis e recomenda que se faça uma pesquisa na Internet sobre a reputação da loja. Outra dica importante é desconfiar de ofertas muito tentadoras.

A cartilha comenta também sobre a necessidade de sempre guardar as informações sobre a compra, como comprovantes e números de pedido que poderão ser solicitados em caso de problemas futuros. Por fim, no momento do pagamento, a cartilha observa que sistemas de gerenciamento de pagamentos dificultam a aplicação de golpes já que impedem que seus dados sejam acessados por terceiros.

Para saber mais sobre o fascículo de Comércio Eletrônico, acesse: http://cartilha.cert.br/fasciculos/, e para ter acesso à Cartilha na íntegra, também disponível no formato ePub, visite http://cartilha.cert.br/.(Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior ZTE traz versão Jelly Bean para Android
Próximos Para sobreviver TV comunitária reivindica parte do Fistel