Cenas tórridas de Cicarelli levam à censura da internet, no Brasil.


A Justiça oficiou cinco empresas de comunicações – todas com backbones internacionais – determinando a interdição do site YouTube, que divulgou vídeo com cenas tórridas da modelo Daniela Cicarelli com seu namorado Renato Malzoni na praia de Cádiz, na Espanha. Foram notificadas a Brasil Telecom (dona da Globenet), a Embratel (a carrier tem quatro links internacionais), a Telefônica Internacional, …

A Justiça oficiou cinco empresas de comunicações – todas com backbones internacionais – determinando a interdição do site YouTube, que divulgou vídeo com cenas tórridas da modelo Daniela Cicarelli com seu namorado Renato Malzoni na praia de Cádiz, na Espanha. Foram notificadas a Brasil Telecom (dona da Globenet), a Embratel (a carrier tem quatro links internacionais), a Telefônica Internacional, a Telecom Itália e a Global Crossing (dona de bakcbone global e que atende clientes corporativos no Brasil).

Até o momento, a Brasil Telecom já cumpriu a determinação judicial. A Telefônica procurava entender o conteúdo do ofício procurando informações adicionais junto à própria Justiça, e prometeu soltar nota até o fim da tarde. E o departamento jurídico da Embratel estava avaliando a determinação para também se manifestar.

Anterior Em cinco anos, celulares vão conhecer os gostos de seus donos.
Próximos YouTube: Embratel analisa decisão judicial.