Celulares puxam deflação no comércio online


O Índice FIPE/Buscapé aponta que os preços ao consumidor no comércio eletrônico apresentaram deflação acumulada de 9,73% no período de janeiro de 2011 a janeiro de 2012. Das 151 subcategorias pesquisadas, a que mais sofreu queda foi telefonia (-18,1%), fortemente influenciado pelos celulares, cujos preços caíram 20,1%.

 

Em seguida estão eletrônicos (-16,7%), com destaque para televisores (-17,7%), blu-ray players (-22,5%) e GPS (-15,6%). Produtos de informática registraram uma queda menor, de 5%. Apenas 24 subcategorias viram um discreto aumento médio nos preços, entre elas o setor de casa e decoração, que teve inflação de 5%.

 

Na comparação mensal, os preços que mais aumentaram entre dezembro e janeiro foram equipamentos de ar condicionado (2,81%), PCs (2,23%) e notebooks (2,01%). (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Abertas consultas das propostas de telefonia na zona rural e acompanhamento do PGMU
Próximos Pela primeira vez, Brasil importou mais celular do que vendeu ao exterior