Celular norte-americano é o mais eficiente


A falta de frequência disponível no território norte-americano para a banda larga móvel faz com que o país seja o mais eficiente de todos na prestação do serviço celular. Conforme a associação 4G (associação da indústria sem-fio),os Estados Unidos atendiam, em 2011, 788 mil assinantes por MHz de espectro, praticamente o dobro da eficiência de …

A falta de frequência disponível no território norte-americano para a banda larga móvel faz com que o país seja o mais eficiente de todos na prestação do serviço celular. Conforme a associação 4G (associação da indústria sem-fio),os Estados Unidos atendiam, em 2011, 788 mil assinantes por MHz de espectro, praticamente o dobro da eficiência de qualquer outro país. Em comparação, o Japão possui 351 mil assinantes por MHz e a Alemanha conta 179 mil assinantes por MHz.  

“Com a limitação de espectro e a crescente demanda por serviços de dados em redes de banda larga móvel, a capacidade das redes está se esgotando”, afirma Chris Pearson, Presidente da 4G Americas. “Disponibilizar mais espectro é a solução definitiva para resolver o congestionamento de rede ou o crescimento de banda larga móvel vai parar rapidamente. Mesmo assim, existem algumas soluções de curto e longo prazo detalhadas no relatório que podem ser adotadas por desenvolvedores de aplicativos, fabricantes de sistemas operacionais móveis e usuários finais para amenizar o congestionamento do tráfego de dados e da sinalização”, completa.

 

A entidade divulga um relatório sobre os novos aplicativos e dispositivos da banda larga sem-fio. ( Da redação com assessoria de imprensa).





Anterior Polo industrial de Manaus tem segundo maior faturamento da história
Próximos Celular quebra mais um recorde e fecha abril com 253 milhões de acessos