Ceará muda edital de concessões e marca audiência pública para dia 28


O governo do Ceará marcou para 28 de fevereiro a data da audiência pública para a apresentação do edital de concessões do Cinturão Digital, a rede de fibra de alta velocidade que cobre 85% do estado. O edital foi elaborado pela Procuradoria Geral do Estado e vai a consulta pública mas a expectativa é que não hajam alterações. A novidade do edital é que os 280 Km da rede da capital não serão licitados, mas apenas os 3 mil Km do interior.

 O edital deverá ofertar 3 lotes com um par de fibras apagadas cada um e 12 lotes com oferta de capacidade na rede, sendo dois de 1 Gbps, dois de 500 Mpbs, dois de 256 Mbps, dois de 128 Mbps e o restante de 64 Mbps. “A meta é lançar o edital logo após a audiência e partir para o leilão”, diz Fernando Carvalho, presidente da Etice – Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará. 

A audiência contará com a participação de representantes do Banco Mundial, uma vez que o Cinturão Digital contou com financiamento de R$ 20 milhões da instituição. É aguardada a participação dos oito provedores que operam no estado, além de provedores globais, como a Global Crossing, que tem terminação de seus cabos submarinos em Fortaleza; e de provedores de internet e de TV por assinatura, como a Net. (Fonte: Wireless Mundi)

Anterior América Latina terá 63 milhões de acessos banda larga móvel no final do ano
Próximos CEEE deve criar subsidiária de telecom