CCT do Senado troca de presidente hoje com saída de Cardoso


Presidente da CCT, Vanderlan Carodoso (PP/GO). Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) do Senado, senador Vanderlan Cardoso (GO), deixa hoje, 4, o comando do colegiado, após um ano no cargo quando atuou fortemente pela aprovação do PLC 79 que criou regras para a fim antecipado das concessões de telefonia fixa.

Haverá eleição para substituí-lo às 11h desta quarta-feira, o que foi marcado às pressas ontem, com o cancelamento de reunião que iria iria analisar o projeto da isenção do IoT. A mudança deve-se ao fato de que Cardoso mudou de partido, saindo do PP e indo para o PSD. Ele oficializa a troca ainda hoje às 16h.

Como a direção da comissão foi indicação do partido, ele deve entregar o cargo. Uma das alternativas seria a substituição dele pela senadora Daniella Ribeiro (PP-PB), que foi relatora do PLC 79.

PUBLICIDADE

Cardoso defende propostas para isentar IoT e alterar a Lei do SeAC, e que foi travada pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre. A matéria já foi superada por recente decisão da Anatel que autorizou a fusão da AT&T, dona da Sky, com a Time Warner, permitindo a propriedade cruzada entre produtores e distribuidores de conteúdo audiovisual.

 

 

Anterior PLC 79 precisa valer, defende Andrade, da Claro, reeleito para o CCS
Próximos PIB cresce menos que em 2018. Em serviços, avança graças a TI e comunicação