CCE, agora parte da Lenovo, avança em dispositivos móveis e busca vice-liderança


A CCE divulgou nesta terça-feira (25) seus novos dispositivos móveis, com quatro modelos de smartphone e dois tablets, equipados com processador Qualcomm Snapdragon e sistema operacional Android. O anúncio foi o primeiro da marca após a aquisição da empresa (Digibras) pela chinesa Lenovo. Segundo Rogério Fleury, CTO da CCE, a empresa ganha ainda maior capacidade de avançar no mercado de dispositivos móveis ao agregar a capacidade de desenvolvimento de produtos de acordo com o perfil dos brasileiros com a capacidade tecnológica da Lenovo. 

“Agora somos empresa global. O benefício é que conseguimos criar produtos como o brasileiro gosta, tendo a retaguarda de uma multinacional e seus parceiros tecnologicos”, declarou Fleury. Os dispositivos móveis da CCE apostam em embarcar apenas as funcionalidades que atraem os brasileiros, de forma que se tenha um produto competitivo, e aplicativos locais, que agregam valor para os consumidores. Entre os aplicativos presentes nos dispositivos móveis, estão o da Saraiva e do Buscapé, entre outros. 

Para a CCE, que agora lança tablets com conexão 3G além da WiFi, a maior flexibilidade no embarque de aplicativos responde à política do governo, que condicionou a desoneração dos smartphones ao embarque de Apps nacionais, mas também a apoio na negociação com as operadoras. De acordo com Humberto Di Biase, diretor de marketing e trade marketing da Lenovo, a CCE já discute a venda dos equipamentos por meio das operadoras, mas um definição so virá mais para frente, provavelmente no quarto trimestre. 

Di Base afirmou que apesar da companhia ter entrado recentemente no mercado de smartphones, já está bem posicionada. “Acabamos de entrar neste mercado e já somos o quarto maior [fornecedor], a aposta é que mês que vem já seremos o terceiro e, no ano que vem, segundo”. A CCE calcula que está há 11 mil dispositivos móveis de diferença do terceiro colocado. 

E, apesar de Di Base admitir que existe uma parcela de consumidor resistentes à marca, a companhia quer ter dispositivos para todos os perfis de consumidores. Entre os lançamentos de hoje, a CCE destacou o smartphone Motion.Plus SK504, o produto mais avançado. O dispostivo conta com processador Qualcomm Snapdragon quadcore com 1.4GHz, Android 4.1 Jelly Bean e 4GB de Flash e 1GB de RAM. A tela HD tem 5″, a tela traseira 8MP e a frontal 2MP. O equipamento é dual chip, Wi-Fi e bluetooth. 

A CCE, no entanto, pretende lançar equipamentos com conexão 4G apenas em 2014, quando a rede deverá ser maior, o que lhe garante um universo de potenciais consumidores maior. “Nesse momento, não colocamos 4G porque a cobertura ainda é muito pequena no Brasil. Estamos em mais de 13 mil pontos de venda e precisamos de escala. Tudo que lançamos é para ter grande volume e como 4G não é massa, não é nosso foco. O ‘boom’ do mercado é a transição do consumidor do 2G para 3G. Não queremos abraçar o mundo, mas olhar para o nosso target, que ainda não tem cobertura 4G. Mas, com certeza no começo do ano que vem teremos lançamentos de produtos em 4G”, afirmou Fleury. A CCE também avalia a oferta de tablets com o sistema operacional Windows 8, mas entende que pode encarecer o produto, de forma que seria voltado para o segmento corporativo. 

Outros smartphones e tablets

Além do Motion.Plus SK504, a CCE anunciou os modelos Motion.Plus SK351, SK402 e SR402, com sistema operacional Android 4.0 Ice Cream Sandwich. O SK351 vem equipado com processador Qualcomm Snapdragon single core com 1.0GHz, 512MB de Flash e 256MB de RAM, além da tela de 3.5″. Os modelos SK402 e SR402 têm tela de 4”, processador Qualcomm Snapdragon dual core com 1.2GHz, câmera traseira de 5MP e frontal VGA, sendo que o modelo SK402 diferencia-se pelo design, aplicativos pré-embarcados Kido’z e Buscapé e três capas de bateria nas cores preta, branca e rosa. Os três modelos contêm sensor de luminosidade, G-Sensor, e giroscópio.

Foram apresentados ao mercado também dois modelos de tablets, nas opções de tela HD de 7” e 10”. Os dispositivos têm configuração baseada no processador Qualcomm Snapdragon dual core com 1.2GHz, Android 4.1 Jelly Bean e 16GB de Flash e 1GB de RAM. Os aparelhos estão equipados com câmera traseira de 5MP AF com Flash + zoom digital e frontal VGA 2MP – FF, além de conexões 3G, Wi-Fi e Bluetooth, G-Sensor, sensor de luminosidade e giroscópio e aplicativos pré-embarcados. Os aparelhos possuem acabamento soft touch, são resistentes a impactos e líquidos e estão disponíveis nas cores preta, branca ou rosa.

 

 

 

 

Anterior Lei do Bem amplia em até 11% gastos com P&D por empresas beneficiadas
Próximos CUT lança nota contra declarações de Paulo Bernardo à Veja