Notícias da categroia

Operadoras

Notícias sobre as operadoras de telecomunicações do país


fios cabos10

A Joint-venture lançará cabo submarino ligando Brasil e Europa. Mas a Telebras ainda deve aos seus acionistas e à sociedade as demonstrações de seus resultados financeiros e operacionais deste ano. No dia 14, enviou comunicado à CVM alertando que não iria apresentar os balanços trimestrais porque as informações estavam migrando para novos sistemas. A CVM não comenta os procedimentos que estão sendo tomados, mas conforme os estatutos da agência, companhia de sociedade aberta é obrigada a divulgar seus balanços trimestrais. Fontes do governo comentam que as contas da estatal teriam sido glosadas.

Novos lançamentos da Apple estarão disponíveis a partir do primeiro minuto desta sexta-feira

O CEO da Oi, Bayard Gontijo, afirmou que os controladores estão analisando apenas as duas propostas – da Altice e dos fundos Apax e Bain – e que a oferta da angolana Isabel do Santos já foi descartada e os sócios portugueses são obrigados, por contrato, a votar em linha com os sócios nacionais. “Em nenhuma hipótese tomaremos empréstimo do mercado para participar da consolidação”, assegurou o executivo.

O lucro líquido da operadora foi de R$ 8 milhões, queda de 96,5% frente a igual período do ano passado, mas uma recuperação frente ao trimestre anterior deste ano, quando apresentava prejuízo de R$ 221 milhões. O endividamento da companhia, porém, subiu: mais 58,3% frente ao mesmo período do ano passado. Hoje a empresa tem R$ 47,799 bilhões de dívida. No mesmo trimestre do ano passado, a dívida era de R$ 30,196 bilhões. No trimestre anterior, era de R$ 46,239 bilhões.

Em comunicado ao mercado, a Oi avisa que essa oferta pela holding PT SGPS exclui o caixa e a dívida.

Mas agora, a operadora está focada na conclusão da compra da GVT, prevista para o primeiro semestre de 2015.

. O Brasil, que representava 20,2% do total do grupo entre julho e setembro de 2013, passou a responder por 22,2% da receita no terceiro trimestre deste ano.

Mas disse que não abre mão do ponto que impede a venda da PT Portugal, para evitar o “desmantelamento” da tele portuguesa.