Notícias da categroia

Leilão

Os processos de venda de faixas de frequências para prestação de serviços de telecomunicações no Brasil


Conselho Diretor da Anatel aprova novo pedido de vista da matéria, após discussões sobre o formato do leilão e reserva de espectro para pequenos provedores. Proposta de Campelo destina ágio a investimentos em infraestrutura. 

Cisco, Ericsson, Huawei, Nokia e Qualcomm subscrevem novo documento distribuído pelo Telebrasil e que sugere convivência da 5G com TVRO, além da liberação do espectro entre 3,6 GHz e 3,8 GHz. Para radiodifusores, proposta é insuficiente.

Unifique, Sumicity, Vero, além da primeira a se manifestar, a Brisanet, confirmam interesse em comprar espectro de 5G, se condições forem diferenciadas e argumentam que văo levar a tecnologia mais rápido para o interior do paīs.

Faixa fica entre 3,6 GHz e 3,7 GHz, onde há serviços fixos satelitais que, dizem as operadoras, convivem de forma harmoniosa com a 5G.

Uma solução de convivência dos serviços custaria R$ 456 milhões. Os cálculos consideram a existência de uma base de 12,5 milhões de parabólicas que sintonizam a banda C no país.

A nova proposta prevê o deslocamento das TVROs para a faixa de 3,8 GHz, e com isso seria necessária apenas uma nova sincronização dos conversores das TVs por parabólica, sem necessidade de migração para a banda KU ou instalação de filtros. Mas a nova proposta de edital, a ser apresentada no dia 12, não deverá abordar esse assunto, por mais segurança.

Dirigentes da fabricante sueca visitam o presidente Jair Bolsonaro, depois da concorrente, a gigante chinesa Huawei, e da mexicana América Móvil, que controla a Claro, terem feito o mesmo percurso

Empresa de consultoria e soluções integradas ganhou licitação da agência, no valor de R$ 500 mil

Roberto Nogueira assinala que as cidades do interior do Brasil até hoje convivem com tecnologias de terceira geração, e com antenas de 4G que sequer são ligadas a fibra. E diz que se os ISPs não tiverem acesso à frequência, esse cenário irá se repetir no 5G.