Notícias da categroia

Futurecom


Negócio fotografia desenhado por Onlyyouqj - Freepik.co

Mika Lauhde, vice-presidente de cibersegurança, também garante que a plataforma 5G será a mais segura na área móvel

O COO Rodrigo Abreu acredita que a definição das regras para a migração da concessão de telefonia fixa para o regime privado de autorização deverá demorar entre 12 a 18 meses depois da publicação do Decreto presidencial. E entende que o fluxo de caixa negativo da concessão deverá ser considerado.

Vitor Menezes, secretário de Telecomunicações afirma ainda que, mantida atual proposta para o leilão de frequências, a 5G pode começar pelas mãos dos pequenos, no interior, e por isso, a necessidade de se liberar o espectro das parabólicas.

Ministério analisa a criação de zonas nas quais os data centers instalados teriam reclassificação como comprador de energia, recebendo isenção de ICMS. Foz do Iguaçu seria uma dessas áreas.

A Anatel está revendo o regulamento geral dos serviços de telecomunicações e o seu relator, Emmanoel Campelo, disse que vai incorporar também indicadores de qualidade para a comunicação máquina a máquina, de forma a facilitar a compreensão das empresas que ingressarão na IoT

Fábrica em Jaguariúna começa a operar até o final de 2020, mas venda dos QSips começa em 2021

Fabricante diz que abate 100% dos benefícios fiscais obtidos com a lei para o preço praticado sobre seus produtos

A Vivo sempre irá olhar os ativos disponíveis no mercado, afirmou seu CEO, Christian Gebara.

O CEO da Vivo, Christian Gebara, prefere que o leilão tenha regras bem definidas, que não desfavoreça os investimentos das grandes operadoras, que os objetivos de cobertura sejam realistas com as necessidades do país, e que os lotes de espectro sejam favoráveis para a digitalização.

O secretário-executivo do MCTIC, Julio Semeghini disse que várias empresas já estão comunicando ao ministério a paralisação da produção local ou a importação dos produtos devido a indefinição sobre a nova lei de informática.