Notícias da categroia

Consumidor

Os direitos dos brasileiros quando o assunto são produtos e serviços de tecnologia e telecomunicações.


Cobrança continua a ser principal motivo que faz o cliente de uma operadora prestar queixa na Anatel.

Foram 224,9 mil reclamações feitas na agência a respeito da qualidade do serviço das operadoras móveis, fixas, de internet e TV por assinatura

Para enfrentar as marcas concorrentes,a tela, com alto-falante, traz uma câmera grande angular. Ela permite ao usuário se comunicar via Messenger. Mas seu preço é salgado.

As reclamações contra serviços de telecomunicações na Anatel aumentaram 3,03% em agosto, na comparação com o mês anterior, com 7,4 mil registos a mais. Porém, nos últimos 12 meses, as queixas recuaram 18,8%, ou 58 mil registros a menos.

O Brasil ficou com 49,84 pontos em uma escala de 100, embolado com dezenas de outros países, mas acima dos Estados Unidos. A velocidade não é o determinante para se assistir a um vídeo com qualidade, diz a a empresa.

Operadoras foram sancionadas pela prática da oferta indiscriminada e pouco clara de SVA. A Claro informa que foram fatos isolados, que ocorreram em 2009. A Vivo, que fez um plano de ação para melhorar a satisfação dos clientes.

TIM teve aumento das queixas em telefonia móvel, NET, em banda larga fixa, e Vivo, na TV paga. Reclamações sobre cobranças são as mais recorrentes em quase todos os segmentos. A exceção é a banda larga, em que no topo das queixas estão a qualidade e funcionamento do acesso.

Negócio fotografia desenhado por Creativeart - Freepik.com

A Corte de Contas reconheceu o esforço da Anatel em fiscalizar e punir as operadoras do serviço móvel e em exigir um plano de ação para cobrir as irregularidades encontradas

A TV paga foi o serviço que registrou maior queda – 20,4%- nas reclamações para a Anatel. Cobrança e crédito do pré-pago ainda são os itens mais reclamados

Nesta primeira etapa, o serviço está disponível apenas para aqueles que se cadastrarem na Anatel