Notícias da categroia

Competição

A disputa entre as empresas e as tendências de mercados, concentração, participação, market share, avanços e perdas


Guerra comercial fortalece a Huawei no Brasil, afirma executivo da empresa

Leia Mais

Ranking elaborado pela empresa alemã P3 coloca Vivo no topo, seguida por TIM, Claro e Oi.

Parecer da SG afirma que, mesmo sendo empresas concorrentes, a operação não traz preocupações concorrenciais.

Sessões de julgamento e tramitação dos processos estão suspensos até a posse de novos conselheiros, que ainda depende da indicação do presidente da República

Executivo da companhia afirma também que empresa está bem posicionada para conter avanço do FTTH nos mercados onde vende banda larga por cabo coaxial, mas que já adiciona clientes apenas com fibra, e prevê terminar ano com 1,5 milhão de “homes passed”.

Para o órgão, não há elementos que indiquem que da concretização da aquisição possa gerar problemas concorrenciais, sejam decorrentes das sobreposições horizontais ou das integrações verticais observadas.

Representação citava que a gigante de buscas aplicava cláusulas contratuais no mercado de anúncios que impediam a interface das propagandas com outras plataformas

Órgão antitruste quer saber se a empresa forçou fabricantes a incluírem sua busca e o Chrome (browser) nos celulares, em troca de uma licença do Android. Essa postura foi investigada pela Comissão Europeia, que multou a empresa em mais de 4 bilhões de euros (R$ 19 bilhões )

Girasole afirma que movimento da TIM de participar do processo no Cade que avalia a fusão das concorrentes não é “hostil”

O ingresso das prestadoras como terceiras interessadas foi aprovado pelo Cade. Órgão diz que participação de concorrentes é importante para compreensão do mercado de telecomunicações, que passa por transformação ocasionada pela chegada da 5G.