Notícias da categroia

Anuário TeleSíntese

Levantamento do que a indústria, operadoras e prestadores de serviço criaram com potencial para se diferenciarem da concorrência


Aconteceu ontem, 10, em São Paulo, a premiação do Anuário Tele.Síntese de Inovação 2019, com a presença de autoridades e executivos do setor de telecomunicações. Foram 20 os premiados, em sete categorias. Conheça a relação completa.

As 20 empresas premiadas serão conhecidas juntamente com a 8ª edição do Anuário Tele.Síntese de Inovação em Comunicações

Edição 2019 do Anuário Tele.Síntese de Inovação em Comunicações, publicado pela Momento Editorial, foi reformulada. trará um guia com 187 produtos inovadores, de 136 empresas e uma nova categoria avaliada: a Internet das Coisas

Com o lançamento de várias soluções no mercado baseadas em tecnologias disruptivas, o CPqD amplia seu portfólio de produtos graças a um leque sólido de parcerias com diversas instituições de P&D.

A plataforma Doctoralia encurta a distância entre médico e paciente e oferece agilidade para marcar consulta e obter, na internet, respostas confiáveis e seguras de especialistas para dúvidas na área de saúde.

A Bothub traz inovação aos chats e garante pleno entendimento da maneira usual como se fala e se escreve. A plataforma é aberta, colaborativa e também pode abarcar inúmeros idiomas.

O software CWLan é uma espécie de GPS da rede, com indicadores visuais que mostram todos os caminhos do cabeamento. Substitui planilhas, permitindo gerenciamento, expansão e manutenção de redes em tempo real.

A plataforma para controle e gestão do gado de corte tem um sistema simples, que funciona em nuvem. A tecnologia permite lançar dados relativos ao cotidiano da fazenda no aplicativo, mesmo em off-line.

Desenvolvido para ajudar pessoas com deficiência visual a realizar transações em meios eletrônicos com segurança, o aplicativo Pay Voice foi lançado em março pelo CPqD. Em agosto, mais de mil downloads já haviam sido realizados.

A American Tower investiu em um centro para viabilizar o desenvolvimento de aplicações para Internet das Coisas no país. Em conjunto com a rede LoRa, o centro realizará testes em uma rede real.