Carros conectados, na pista do 5G


carro-conectado-IoTEmpenhadas na expansão do 5G, Telefónica e Vodafone apresentaram, no Mobile World Congress (MWC) 2017, seus carros conectados por celular. A Vodafone, em parceria com a Huawei e a Audi, demonstrou a tecnologia Cellular Vehicle-to-Everything (C-V2X), que permite conexão entre carros, de carros com pessoas e com a infraestrutura viária. A demonstração foi feita na pista de corrida do Circuito de Barcelona-Catalunha. Os convidados, passageiros de um veículo Audi, presenciaram manobras do motorista em quatro situações.

Uma delas, a transmissão de vídeos de um veículo à frente, o que ajuda o condutor em situações que necessitam de mais visibilidade como obstáculos na pista e próximas saídas nas estradas. Foi mostrado também o alerta de semáforo prestes a mudar de cor, que permite melhor previsão de quando reduzir a velocidade. E o alerta sobre pedestre atravessando a rua, mesmo antes que ele fique visível para os sensores ou para o motorista. Os passageiros conheceram ainda o uso de um algoritmo que determina se há risco de outros veículos conectados brecarem subitamente ou mudarem de faixa. O veículo foi desenhado pelo Instituto Europeu de Desenho de Turin, em conjunto com a Quattroroute. Batizado de Shiva (em japonês, significa dobrar), o carro tem design inspirado na arte do origami, com o formato de um diamante.

A Telefónica também apresentou a sua proposta de conexão celular para veículos, desenvolvida em parceria com a Ericsson. A demonstração foi realizada por controle remoto, a partir de um espectro de alta frequência (15GHz). O veículo, localizado em Tarragona, a 70 quilômetro do MWC, foi conduzido por um técnico que estava no local do evento. A companhia mostrou que o condutor tem uma percepção sensorial fiel à realidade, graças a vídeos em alta definição 4 K. Enrique Blanco, CTO da companhia, explicou que foi a primeira experiência do tipo em tempo real, “comprovando o poder das redes 5G, cuja capacidade de transmissão de dados em baixa latência abre novas possibilidades de evolução para o setor automotivo”.

Anterior Snapchat: no lançamento da IPO, ações sobem mais de 40%
Próximos PromonLogicalis agora é só Logicalis