Camex reduz imposto de importação para bens de informática e telecom


A Câmara de Comércio Exterior (Camex) alterou para 2%, até 31 de dezembro de 2008, as alíquotas do Imposto de Importação incidentes sobre os alguns bens de informática e telecomunicações, na condição de Ex-tarifários. A resolução nº 74, que trata dos produtos cujas alíquotas na Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM) foram alteradas, foi publicada na …

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) alterou para 2%, até 31 de dezembro de 2008, as alíquotas do Imposto de Importação incidentes sobre os alguns bens de informática e telecomunicações, na condição de Ex-tarifários. A resolução nº 74, que trata dos produtos cujas alíquotas na Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM) foram alteradas, foi publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União e já estão em vigor.

Foram beneficiados com as medidas os tradutores de protocolos para interconexão de redes gateway para sistema BPL (Brodband over Power Line – comunicação em banda larga pela rede elétrica), tanto de uso externo quanto de uso interno e de baixa voltagem; os conversores de fibra ótica para sinais de áudio, vídeo e/ou dados; conversores de interfaces de fibra ótica HDMI (high definition multimedia interface ou DVI – digital visual interface – para HD SDI e vice-versa; multiplexadores/demultiplexadores de multi canais de áudio analógico e/ou digital em sinais de vídeo com taxa de transmissão igual ou superior a 270 Mgps; e para monitores de forma de onda para monitoramento necessário à produção, pós- produção, distribuição e transmissão e conteúdo de vídeo digital de alta definição (HD) e de definição padrão (SD). (Da redação)

Anterior TIM coloca iPhone à venda a partir de amanhã
Próximos GVT obtém R$ 616 milhões do BNDES