Cálculo de multa para universalização vai a consulta pública


O conselho diretor da Anatel aprovou hoje, 26, consulta pública para a metodologia de sanções a serem aplicadas no descumprimento das metas de universalização. A proposta estará aberta à manifestação da sociedade por 30 dias.

A proposta prevê a seis gradações de multas para os diferentes descumprimentos das obrigações: prazo de instalação; número orelhões, localidades, emergência, backhaul e construção de  postos de serviço. “O cálculo da multa leva em consideração danos para o serviço e usuário, situação econômica e financeira da concessão prejuzío para a política de universalização”, completou o conselheiro Marcelo Bechara.

 

Anterior Neutralidade de rede vence por 3 a 2 nos EUA
Próximos Leilão de satélite deverá ocorrer até o início de maio