Caixa da Oi cresce em dezembro graças a operações financeiras


TeleSintese-Grafico-planilha-resultado-numeros-apresentacao-Fotolia_88787454

O administrador judicial da Oi, o escritório Arnoldo Wald, publicou na noite de ontem, 15, o relatório financeiro parcial do grupo de empresas da operadora que estão inseridos na recuperação judicial. Os dados indicam um leve aumento do caixa financeiro, de R$ 4 milhões, graças a operações financeiras. Com isso, a empresa terminou o ano com saldo de R$ 6,88 bilhões.

“O maior saldo positivo das Operações Financeiras é decorrente, principalmente, do efeito do “Come Cotas de Imposto de Renda (IR)” dos fundos de investimentos, de R$ 27 milhões, em novembro. Esta operação ocorre a cada seis meses, sempre nos meses de maio e novembro de cada ano”, explicou a administração da companhia.

Operacionalmente, no entanto, houve geração negativa de caixa, em R$ 34 milhões. Número mais saudável que o verificado em novembro, quando a geração ficou negativa em R$ 454 milhões. A empresa faturou R$ 2,7 bilhões, enquanto as despesas diminuíram R$ 192 milhões, para R$ 2,56 bilhões. Os investimentos no último mês do ano somaram R$ 190 milhões, 50% abaixo do registrado em novembro.

Também contribuiu para o melhor desempenho a ausência dos custos de pagamento a pequenos credores, que foram de R$ 139 milhões em novembro, e ficaram em R$ 46 milhões em dezembro. Os pagamentos aos credores com até R$ 50 mil a receber voltaram a ser feitos este mês. Foram pagos, em 2017, R$ 196 milhões. A estimativa da empresa é gastar R$ 329 milhões com isso.

Anterior Serviços de telecomunicações fecham 2017 com queda de 2,8%
Próximos Aumenta confiança do consumidor em carros autônomos, diz Deloitte

1 Comment

  1. JB
    17 de Fevereiro de 2018

    A Oi está tentando recuperar seu prejuízo enviando a mais de ano, contas dos clientes com valores a maior. Os clientes que não reclamam ficam com o prejuízo e a Oi vai recuperando sua situação desta maneira. Só no Bradil esta situação consegue acontecer.