Cai adesão ao programa INOVApps, do Minicom


O INOVApps 2015, segunda edição do programa do Ministério das Comunicações (Minicom) para fomento do mercado de aplicativos, recebeu 935 inscrições este ano. O número representa uma queda na adesão, apesar do aumento dos possíveis premiados, que passaram a ser 100 em vez dos 50 de 2014, e do valor total de prêmios, que foi a R$ 5 milhões, ante R$ 4,5 milhões um ano antes. Na primeira edição, houve 2,46 mil inscritos.

As categorias com maior procura foram Educação (225), Saúde (170), Mobilidade Urbana (66) e Participação Social (55). Com o prazo de cadastro encerrado, a concorrência entra agora na fase de habilitação, que verifica se os projetos atendem a todos os requisitos do edital. O resultado preliminar com os apps que seguirão para análise será publicado dia 28.

O programa vai premiar 100 projetos de aplicativos para smartphones e TVs conectadas com R$ 50 mil para cada – num total de R$ 5 milhões só para este edital. “O INOVApps é uma das várias frentes em que o Ministério das Comunicações tem atuado para desenvolver o mercado brasileiro de tecnologia e desenvolvimento de aplicativos, estimulando o crescimento do setor”, afirma o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini.

Lançado em 15 de julho, o programa faz parte da Política Nacional de Conteúdos Digitais Criativos, do qual o Usinas Digitais também faz parte, e cujas inscrições foram prorrogadas até 18 de setembro. O objetivo é potencializar a criação de novas empresas no ramo e fomentar a produção científica e tecnológica da área. Esta é a segunda edição da iniciativa, que no ano passado premiou 50 projetos de aplicativos. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Verizon começa a testar 5G já em 2016
Próximos José Otero: Contribuindo com a definição da 5G