Cade aprova compra de empresa de logística pela B2W


O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição da Direct Express Logística Integrada pela B2W, empresa controlada pelo grupo Lojas Americanas e que atua com comércio eletrônico de diversos produtos e serviços. Comunicado no mês passado em fato relevante, o negócio é no valor de R$ 127 milhões.

A Direct foi fundada em 2003 e presta serviços logísticos voltados para cargas e encomendas expressas, desde a armazenagem até a execução e informação das entregas. A empresa tem uma estrutura de 21 mil m2 de triagem em São Paulo, cerca de 2 mil colaboradores, frota dedicada com 1,5 mil veículos e uma rede de 64 unidades de entrega em todo Brasil.

Segundo a B2W, a aquisição da Direct “tem por objetivo elevar o nível de serviço logístico da companhia e está alinhada com o seu plano estratégico de estar mais próxima do cliente, oferecendo a melhor experiência de compra da internet brasileira”. Os clientes da B2W compram  por meio de sites com Americanas.com, Submarino, Shoptime, B2W Viagens, Ingresso.com, Submarino Finance, Blockbuster Online e SouBarato, que oferecem mais de 35 categorias de produtos e serviços por meio dos canais de distribuição internet, televendas, catálogos, TV e quiosques.

Empréstimo

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou ontem que contratou financiamento no valor de R$ 1,46 bilhão para a B2W – Companhia Digital. Os recursos do BNDES correspondem a 60% dos investimentos no projeto, que visa à implantação de centros de distribuição e investimentos em logística e tecnologia da informação e comunicação, até 2015.

Com o novo investimento, a B2W Digital estima gerar cerca de nove mil empregos diretos e indiretos. O projeto contempla ainda subcrédito de R$ 7,3 milhões direcionados para iniciativas sociais da companhia, por meio da linha de Investimentos Sociais de Empresas (ISE), do BNDES.

Anterior Vendas de tablets desaceleram e mercado de PCs tem pequena recuperação
Próximos Mais prazo para incentivo fiscal em rede ganha emenda em diferentes Medidas Provisórias