Cade analisa entrada da Telmex na NET na próxima semana


Os conselheiros que compõem o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) analisam na próxima quarta-feira, 22, o ato de concentração no qual a Telmex (Telefónos de México S.A) comprou parte das ações da Globopar na operadora de TV a cabo NET. O processo é relatado pelo conselheiro Luiz Carlos Delorme Prado e já está pautado …

Os conselheiros que compõem o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) analisam na próxima quarta-feira, 22, o ato de concentração no qual a Telmex (Telefónos de México S.A) comprou parte das ações da Globopar na operadora de TV a cabo NET. O processo é relatado pelo conselheiro Luiz Carlos Delorme Prado e já está pautado para a reunião do conselho.

A Anatel aprovou a operação sem restrições em março deste ano. Na época, a agência informou que a operação era uma mera reorganização societária da NET Serviços por meio da qual a GB Empreendimentos e Participações S.A., controlada indiretamente pela Globopar, passou a deter 51% das ações ordinárias da NET Serviços e a Telmex controlar, no máximo, 37,5% das ações ordinárias da operadora de TV a cabo, bem como 49% das ações ordinárias e 100% das ações preferenciais da GB.

Ainda segundo a Agência, foram 29 o número de operadoras de TV a cabo e MMDS envolvidas na operação de transferência acionária. Elas contabilizavam à época cerca de 1,3 milhões de assinantes, 36% do mercado de TV por assinatura, que tinha 3,7 milhões de usuários. Segundo a Anatel, as concessionárias de TV a cabo envolvidas na operação continuaram a pertencer à NET Serviços, controlada pela família Marinho. Assim, a operação respeitou a Lei do Cabo, que estabelece que 51% do capital social (com direito da voto) da concessionária de serviço de TV a cabo pertença a brasileiros natos ou naturalizados há mais de 10 anos, limitando a 49% a participação de sócios estrangeiros no capital votante da empresa.

Da Redação 

Anterior Universidade de Brasília lança TV comunitária pela NET
Próximos Yahoo adquire Bix.com