Cabo submarino Monet chega a Fortaleza


DCIM100MEDIADJI_0010.JPG
Vista aérea da escavação para chegada do cabo Monet, na Praia do Futuro, em Fortaleza (CE). (Divulgação)

A cabo submarino Monet, construído em parceria entre Algar, Angola Cables, Google e Antel, desembocou segunda-feira na Praia do Futuro, em Fortaleza (CE). O cabo de fibra óptica ligará o Brasil de Norte a Sul, e aos Estados Unidos. O trecho construído conecta Santos (SP) a Fortaleza. Até o mês que vem, a conexão chegará em Miami (EUA).

O ponto de chegada na capital cearense é também o ponto de interligação com o Sistema SACS, cabo submarino da Angola Cables que fará a ligação à África e à Europa. Também ali fica um data center que irá suportar esta interligação, em construção. A previsão das empresas é que a infraestrutura completa esteja operando em 2017.

O investimento total para construção do Monet é de cerca de US$ 300 milhões. Em Fortaleza, está previsto investimento, por parte da Angola Cables, de cerca de R$ 35 milhões. O valor financia não apenas a chegada, como também a montagem do data center. O Monet terá capacidade total de 60 Tbps, enquanto o SACS, de 40 Tbps.

Anterior Após acordo entre acionistas, são canceladas assembleias da Oi convocadas por Tanure
Próximos Smartphones Moto Z chegam ao país, com preços de até R$ 4 mil

3 Comments

  1. Vagner Ornelas
    14 de setembro de 2016

    A Praia do Futuro fazendo jus ao nome. Quem sabe agora com o cabo submarino desembocando lá, eles disponibilizem internet de ultra velocidade para os turistas.

  2. 15 de setembro de 2016

    Prezados,
    Gostaria do contato do responsável da empresa que vai disponibilizar a internet.

  3. Simon
    15 de setembro de 2016

    Tibia rodando lisim…