Brasileiro está disposto a pagar mais para melhorar sua experiência nos smartphones


shutterstock_PeshkovaV_Device_telefonia_movel_celular_tecnologia_tendenciaNão é a primeira vez que em uma pesquisa global os brasileiros dão sinais de que pagariam mais por serviços mais exclusivos e personalizados.  No Mobile Payment Journey, levantamento realizado por uma parceria entre a Worldpay e Opinium Research, não foi diferente. 53% dos brasileiros ficariam satisfeitos em pagar mais por um produto, serviço ou viagem se a experiência do usuário for melhor, 12 pontos percentuais acima da média global (41%).

A pesquisa ainda mostrou que consumidores brasileiros que utilizam smartphone estão à frente da média mundial quando se trata de afinidade com os aplicativos móveis. Entre os entrevistados, 78% preferem comprar por meio de um aplicativo, ao invés dos navegadores para dispositivos móveis, quando as compras são feitas em seus smartphones. O número é acima da média global, de 71%.

O relatório global da Worldpay sobre o comportamento do consumidor móvel entrevistou mais de 16 mil pessoas em 10 mercados para descobrir as mais recentes experiências, hábitos de consumo e revelar o segredo que faz um comprador móvel pressionar o botão de concluir o pagamento.

Entre as principais razões para que os brasileiros escolham aplicativos ao invés de navegadores estão benefícios como velocidade e simplicidade. No entanto, a confiança do consumidor brasileiro ainda precisa ser conquistada. Segurança é uma grande preocupação e uma das principais razões para o abandono de compra nos aplicativos móveis.

A pesquisa indica que dois terços dos Brasileiros (63%) se sentem confortáveis em fornecer dados biométricos, como impressões digitais ou o reconhecimento facial, se além de adicionar uma camada a mais de segurança, tornasse o processo de pagamento mais rápido.  Já 76% dos entrevistados afirmam que somente fazem download do aplicativo de marcas ou empresas que realmente confiam, número superior aos dados globais (71%).

Para Juan D’Antiochia, General Manager da Worldpay para a América Latina, o estudo confirma que os consumidores brasileiros estão cada vez mais exigentes, ao mesmo tempo em que o mercado está mais maduro e seguro para oferecer opções de pagamento. “O brasileiro está gastando mais no comércio eletrônico. Isso é motivo de comemoração dos varejistas, mas ainda há demandas por parte dos consumidores que precisam ser atendidas. ”

Na sua avaliação, o comerciante que entregar a melhor experiência terá muito a ganhar já que os consumidores estão comprando produtos de maior valor via aplicativos. Com o avanço de novas tecnologias haverá espaço para assistentes virtuais e serviços conectados e, da mesma forma, as marcas que oferecerem a melhor experiência de pagamento móvel, de forma rápida e segura, verá menos desistências nas compras, mais downloads do aplicativos e, consequentemente, um maior volume de vendas dos seus produtos e serviços, na análise de D’Antiochia.

Anterior INOVAtic reúne os mais expressivos nomes de TIC e do Nordeste no próximo dia 26
Próximos EUA: reguladores pedem mais tempo à Qualcomm para analisarem acordo da Broadcom