Brasil ultrapassa barreira de 50 milhões de micros


A base instalada de computadores no país superou este mês a marca de 50 milhões de máquinas instaladas, apontou pesquisa da FGV divulgada hoje. De acordo com o levantamento, as empresas gastaram 5,7% de sua receita líquida em tecnologia da informação em 2008, e “se mantida a tendência de crescimento, esse número deverá chegar a …

A base instalada de computadores no país superou este mês a marca de 50 milhões de máquinas instaladas, apontou pesquisa da FGV divulgada hoje. De acordo com o levantamento, as empresas gastaram 5,7% de sua receita líquida em tecnologia da informação em 2008, e “se mantida a tendência de crescimento, esse número deverá chegar a 6% este ano”, afirmou Fernando Meirelles, organizador da pesquisa. Ele destaca que mais da metade destes recursos é gasta em serviços, e a parte de infraestrutura de hardware fica com menos de um terço do total dispendido.

A previsão de Meirelles é que sejam comercializados este ano 13,4 milhões de máquinas, o que representa avanço de 28% em relação aos 10,5 milhões de computadores comercializados no país em 2007. Ele avalia que no Brasil “quase metade dos investimentos totais que as empresas fazem é em tecnologia”, e cita os EUA, onde esse percentual chega a 60% do total. A pesquisa apurou que um empregado usuário de tecnologia custa em média R$ 20 mil por ano, e que a relação média em 2007 foi de 1,1 micro por usuário nas empresas.

Anterior NEC estima crescimento de 40% no setor corporativo
Próximos Comércio eletrônico atinge R$ 170 bilhões no Brasil em 2007