Brasil renova vaga em conselho da UIT


O Brasil foi reeleito, pelos próximos quatro anos, para uma das 46 vagas do Conselho da União Internacional de Telecomunicações (UIT) nas eleições realizadas hoje, 16, durante a Conferência de Plenipotenciários da organização, em Antalya (Turquia). Segundo informações da Anatel, o Brasil obteve o maior número de votos — 143 –, em segundo lugar ficaram …

O Brasil foi reeleito, pelos próximos quatro anos, para uma das 46 vagas do Conselho da União Internacional de Telecomunicações (UIT) nas eleições realizadas hoje, 16, durante a Conferência de Plenipotenciários da organização, em Antalya (Turquia). Segundo informações da Anatel, o Brasil obteve o maior número de votos — 143 –, em segundo lugar ficaram a França e o Japão com 140 votos cada.

A campanha da delegação brasileira – composta pelo Ministério das Comunicações, Ministério das Relações Exteriores e Anatel – obteve um acréscimo de 27% em relação à votação do país em 2002, quando o Brasil teve 112 votos. De acordo com os resultados de hoje, também terão lugares no Conselho pelas Américas, por ordem de votação: México, Argentina, Estados Unidos, Canadá, Cuba, Trindade e Tobago e Venezuela. Fora da lista, sem votação suficiente, ficaram a República Dominicana, El Salvador e Equador.

Composto por 25% dos membros da UIT, as vagas do Conselho são distribuídas por cinco regiões que correspondem às Américas (8 vagas), Europa Ocidental (8 vagas), Europa Oriental (5 vagas). África (13 vagas) e Ásia e Oceania (12 vagas). Criado em 1947, o Conselho coordena programas de trabalho, aprova orçamentos, controla despesas e finanças da UIT. O órgão também prepara um relatório sobre políticas e sobre o plano estratégico da União.

Da Redação

Anterior Projeto que exige capital nacional para provimento de conteúdo recebe parecer na Câmara
Próximos Marketing móvel pode chegar a US$ 1,5 bilhão