Banda larga ganha 61 mil novos acessos em outubro


A base de acessos na banda larga fixa cresceu em outubro. No mês, as operadoras registraram saldo positivo de 61,45 mil novos assinantes, totalizando 26,6 milhões de conexões. Confira abaixo:

Grupo 2015-10 2016-09 2016-10 Saldo Mensal Variação Mensal (%) Saldo Anual Variação Anual (%)
ALGAR (CTBC TELECOM) 448.310 490.307 495.973 5.666 1,16 47.663 10,63
BLUE 124.061 108.708 106.307 -2.401 -2,21 -17.754 -14,31
BT 33.455 32.850 32.615 -235 -0,72 -840 -2,51
CABO 85.144 96.588 97.545 957 0,99 12.401 14,56
OI 6.397.714 6.400.625 6.413.506 12.881 0,20 15.792 0,25
Outras 2.356.845 2.743.298 2.741.870 -1.428 -0,05 385.025 16,34
PREFEITURA DE LONDRINA/COPEL 156.168 166.961 167.555 594 0,36 11.387 7,29
SKY/AT&T 244.226 306.705 308.074 1.369 0,45 63.848 26,14
TELECOM AMERICAS 8.068.488 8.396.850 8.424.541 27.691 0,33 356.053 4,41
TELECOM ITALIA 232.933 317.070 315.862 -1.208 -0,38 82.929 35,60
TELEFÔNICA 7.370.698 7.488.398 7.505.963 17.565 0,23 135.265 1,84
TOTAL 25.518.042 26.548.360 26.609.811 61.451 0,23 1.091.769 4,28

 

Em relação ao mesmo mês de 2015, houve crescimento de 4,28% na quantidade de acessos no país, o que representa um ganho de pouco mais de 1 milhão de conexões.

Praticamente todas as provedoras de acesso ganharam mercado em outubro, tanto em relação a setembro, quanto em relação ao mesmo mês de 2015. Ao longo de um ano, a empresa que mais ampliou sua base, em termos relativos, foi a TIM (Telecom Italia), com expansão de 35,6%. A empresa, porém, atende apenas São Paulo e Rio de Janeiro e soma não mais que 315 mil clientes. A Sky, de tamanho semelhante, conseguiu crescer na sua oferta de banda larga, que usa principalmente a tecnologia LTE. Em 12 meses, ampliou a base em 26%. A Algar, em 10,63%.

As grandes operadoras do setor também cresceram. A Claro (Telecom Americas), dona da Net e líder do segmento, cresceu 4,41% em um ano. A Telefônica Vivo, vice-líder, 1,84%. E a Oi, 0,25%.

Em participação de mercado, praticamente não houve variação. A Claro cresceu 0,03 p.p. em relação a setembro, passando a ter fatia de 31,66%. A Vivo terminou outubro estável, com 28,21%. A Oi, também praticamente estável, com fatia de 24,10%, enquanto os provedores regionais de acesso terminaram o mês com 10,3% de share.

Tecnologias
O ano tem sido bom para o crescimento da fibra óptica, que ganhou 400 mil acessos, crescendo quase 32%. Nenhuma outra tecnologia de acesso conectou tanto em 12 meses. A segunda que mais trouxe novos assinantes foi o cabo, responsável por mais 349,5 mil acessos. O xDSL, tecnologia mais utilizada do país, somou apenas 49 mil novos acessos em um ano. Outubro terminou com 13,4 milhões de acessos xDSL, 8,55 milhões em cabo, 1,77 milhão no spread spectrum e 1,65 milhão na fibra.

Os dados foram divulgado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nas última sexta-feira, 05, com base em informações repassadas pelas próprias operadoras.

Anterior Anatel vai impor condições a assento do Société Mondiale no Conselho da Oi
Próximos Europa terá fundo para infraestrutura de banda larga