Brasil melhora desempenho em ranking de TI e telecom


Pelo segundo trimestre consecutivo, o Brasil foi o país da América Latina que melhorou a sua pontuação mais rapidamente no setor de Tecnologia da Informação e Telecomunicações, de acordo com o relatório Indicador da Sociedade da informação (ISI) para a América Latina, realizado pela everis em parceria com a IESE Business School, na Espanha. O …

Pelo segundo trimestre consecutivo, o Brasil foi o país da América Latina que melhorou a sua pontuação mais rapidamente no setor de Tecnologia da Informação e Telecomunicações, de acordo com o relatório Indicador da Sociedade da informação (ISI) para a América Latina, realizado pela everis em parceria com a IESE Business School, na Espanha. O material também avalia o Ambiente da Sociedade da Informação (ESI), que compreende os aspectos econômico, Institucional, social e infraestrutura. Os dados são referentes ao período janeiro a março de 2009.

Nesse período, a pontuação brasileira alcançou 4,38 pontos, um avanço de 3,1%, ficando, pela primeira vez, no mesmo nível da média regional (o relatório avalia Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru). Para 2010, as projeções mostram que o Indicador Brasileiro alcançará uma qualificação média de 4,39 pontos, com um aumento anual de 0,2% que contrastará com a queda prevista dos demais países da região. O Brasil ocupará o 4º lugar, superando o México, e a qualificação média da Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) avançará mais lentamente.

Entre as variáveis, de equipamentos, em março de 2010 a projeção é que o Brasil alcance um total de 867 telefones móveis para cada mil pessoas (crescimento anual de 11,6%), o que praticamente igualaria a média latino-americana. Na parte de serviços, o gasto total com TIC seria o equivalente a US$ 356 por ano para cada habitante, um crescimento de 7,3%.

Números do ISI no Brasil
 
De acordo com o relatório, o país tem 777 celulares para cada 1.000 pessoas; 232 computadores para cada 1.000 pessoas; 3,3 servidores para cada 1.000 pessoas; 13,6% dos usuários de Internet são assinantes de banda larga; 391 usuários de Internet para cada 1.000 pessoas; 16 domínios de Internet para cada 1.000 pessoas; e um gasto per capta anual em TIV de US$ 332.

O ISI na América Latina
 
O ISI da Argentina apresentou queda anual mais acentuada, de 5,1%, alcançando os 4,63 pontos. O Chile obteve 5,51, o Peru 4,42; o México obteve 4,44; o Brasil, 4,38 e, em último lugar, está a Colômbia, com 4,08.
 
No que se refere ao desenvolvimento do Ambiente da Sociedade da Informação (ESI), o segundo componente que complementa o indicador ISI, o Chile se destaca por mostrar a melhor pontuação da região, 6,17 pontos. Em seguida vem o Peru, com 5,42 pontos; o México, com 5,12; o Brasil com 4,89, Argentina, com 4,67 e a Colômbia, com 4,79. (Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior Defesa do Consumidor debate denúncias contra a Nextel
Próximos Lucro da Samsung tem queda de 72% no 1T09