Brasil já é terceiro maior mercado do Napster no mundo


O Napster, da empresa americana Rhapsody, cresceu sua base de assinantes em 45% em menos de 12 meses e agora tem cerca de 3,5 milhões de assinantes globais em 34 países. O aplicativo de streaming musical chegou ao Brasil em 2013, e neste ano, o país se tornou o terceiro maior mercado no mundo, primeiro na América Latina.

A desenvolvedora tem acordo para distribuição no Brasil com a Vivo. Também investe em comunicação dirigida, como faz na parceria com o time de futebol Corinthians, e que resultou no lançamento do aplicativo Corinthians by Napster, em setembro. Desde então, o app registrou crescimento de 30% ao mês na sua base de usuários no país. O Napster já negocia com outros clubes da série A do campeonato brasileiro e também clubes de Argentina, Colômbia e países da Europa.

Prova de que o mercado teve um excelente ano é que se escutou 30% a mais de horas de música em 2015. No Brasil, o total de número de streaming cresceu 200% neste ano e quando falamos de América Latina esse número sobe para 300%. O número de horas de música executadas por usuários no Brasil cresceu 179% neste ano, comparado a 2014. Na América Latina, cresceu 268%.

A expansão no Brasil levará a empresa a aumentar investimentos aqui. Em 2016, ampliará o escritório no país, localizado em São Paulo, mais que triplicando o espaço ocupado. Também pretende contratar, tanto no Brasil, como em Argentina, Colômbia e Panamá. O Napster também pretende entrar no Peru, último país da América Latina onde a empresa Telefônica atuava sem o Napster. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Claro e NET inauguram loja conceito em São Paulo
Próximos App da Anatel ganha recursos colaborativos