Bondholders da Oi estendem oferta de plano alternativo até 31 de março


Logo OiO Steering Commitee e o grupo Ad Hoc de BondHolders da Oi S.A. e suas afiliadas anunciaram ontem (1º) que a oferta do plano alternativo de reorganização da companhia, prevista para expirar em 28 de fevereiro foi prorrogada até 31 de março de 2017. Segundo o comunicado, o Steering Commitee e o Orascom TMT Investments, do egípcio Naguib Sawiris, acreditam que a recente decisão da corte solicitando solicitando à Oi para responder à objeção proposta pelo Steering Commitee, por meio de alguns de seus membros, em relação ao plano de reorganização proposto pela companhia em 5 de setembro de 2016, permite abrir a discussão em torno dos méritos do Plano Alternativo entre a companhia e seus acionistas.

O Plano Alternativo é um plano conduzido por credores que foi desenvolvido por vários membros do Steering Commitee e seus parceiros estratégicos. E tem por objetivo prover o justo valor aos credores e acionistas e levar a companhia a obter sucesso. Além disso, observa o documento, o fato de incluir, como parceiro, uma operadora de telecomunicações de classe internacional assegura que o Plano Alternativo trará os recursos de capital e de gerenciamento necessários para garantir a competitividade da companhia.

O Plano Alternativo contempla um significativo novo investimento de US$ 1,25 bilhão – uma oportunidade para os credores que queiram participar do novo investimento. Segundo o comunicado, o Steering Commitee e seus parceiros estratégicos estão sempre considerando a possibilidade de refinarem o Plano Alternativo a partir das contribuições recebidas dos credores e acionistas da Oi. (Assessoria de Imprensa)

Anterior A internet das coisas em 4G já é realidade
Próximos Snapchat: no lançamento da IPO, ações sobem mais de 40%