Bolsonaro indica Henrique Ramos para a diretoria da Ancine


O presidente Jair Bolsonaro enviou, para apreciação pelo Senado, o nome do engenheiro e bacharel em Direito Henrique Barros Pereira Ramos para ocupar vaga na diretoria da Ancine, aberta pela renúncia de Mariana Ribas. O indicado é carioca e servidor de carreira do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União desde 1993.

Ramos ocupou vários cargos no governo federal. Mas, desde junho de 2016, foi para o Instituto de Previdência dos Servidores do Distrito Federal (Iprev/DF), onde exerceu a chefia e, mais recentemente, foi alçado à Diretoria de Governança, Projetos e Compliance.

Ramos será sabatinado pelos senadores, antes de ter o nome aprovado ou rejeitado. Se estivesse em vigor a nova Lei Geral das Agências Reguladoras, o indicado não atenderia as exigências para o cargo, como ter experiência de 10 anos no campo de atividade da agência ou em área conexa. A norma entra em vigor no final de setembro.

Anterior Reunião do conselho da Anatel pega fogo e acusações públicas são trocadas
Próximos Portaria define procedimentos para unificação de sites do governo