BNDESPAR e DLM aportam R$ 71 milhões na Zenvia


A Zenvia​​, empresa brasileira de serviços móveis, recebeu um aporte financeiro no valor de R$ 71 milhões da BNDESPAR, braço de participações do BNDES, em conjunto com a DLM, gestora do fundo DLM BRASIL TI, especializado em empresas de tecnologia de base inovadora.

O dinheiro deve ser usado em aquisições e expansão para outros países da América Latina. “Vamos fortalecer nosso portfólio de serviços com a aquisição de empresas que possuam tecnologias complementares ou que nos permitam expandir mercado, e vamos também atuar pesadamente em inovação”, afirma Victor Knewitz, sócio-fundador da Zenvia.

Paulo Caputo, sócio da DLM e responsável pela área de private equity, ressalta: “A Zenvia se enquadra em nosso escopo de investimento em empresas de Software as a Service (SaaS) por possuir receitas recorrentes, alta escalabilidade, margens positivas e inovação”. Para Pedro dos Passos, chefe de departamento de private equity da Área de Capital Empreendedor do BNDES, “além das grandes perspectivas que se abrem no mercado de mobilidade, acreditamos na capacidade de execução e de desenvolvimento de novas ofertas da Zenvia. O histórico de crescimento da empresa e seu plano de negócios nos leva a crer que dentro de alguns anos poderemos ter mais uma empresa de tecnologia brasileira realizando abertura de capital”.

 

Anterior Revisão dos contratos de concessão pode viabilizar serviços convergentes de TIC, diz Bernardo
Próximos CMVM volta a proibir venda de ações a descoberto da Portugal Telecom