Designed by Freepik

Designed by Freepik

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) lançou hoje, 14, um edital para encontrar um fundo de investimentos disposto a investir junto com o banco estatal em startups. O edital fica aberto até 12 de janeiro. A intenção é criar um fundo de investimento anjo, no valor de R$ 100 milhões.

O dinheiro será distribuído entre empresas inovadoras com faturamento de R$ 1 milhão.  O investimento máximo que o fundo fará será de R$ 500 mil, na primeira rodada. Outras rodadas poderão acontecer, até o limite máximo de R$ 5 milhões.

Quando o fundo for lançado,  serão escolhidas empresas que atuem nos segmentos de agronegócios, biotecnologia, cidades inteligentes, economia criativa, nanotecnologia, novos materiais, saúde e tecnologias da informação e comunicação (TIC). A expectativa é que o fundo comece a funcionar no primeiro semestre de 2018.

O fundo de coinvestimento anjo terá duração de 10 anos, e será constituído quando alcançar, no mínimos, R$ 60 milhões. O BNDES, através do BNDESPar, vai entrar com R$ 40 milhões. Os demais recursos virão de outros investidores. (Com assessoria de imprensa)