Advertisement

A Anatel refez o estudo das cestas de preços formulado pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) para os serviços de telefonia móvel e banda larga fixa. E, de 175 países, o Brasil paga o maior imposto em banda larga fixa e o quarto maior em celular.

BrPhotonics ganha seu primeiro contrato

O adiamento da aprovação para junho, pelo conselho diretor da Anatel, dos novos condicionamentos aos contratos de concessão da telefonia fixa, que deveriam ficar prontos até o final deste mês,  não muda em nada o prazo de validade das novas obrigações e condicionamentos que serão impostos às concessionárias (Embratel, Telefónica, Oi, CTBC e Sercomtel), e …

A consulta pública do edital – que legitima o lançamento da licitação no segundo semestre – deverá ser aprovada pelo Conselho Diretor da agência até a primeira semana de abril. O regulamento de mitigação de interferência sai também para consulta até a próxima semana. As ideias mais criativas para o aumento da arrecadação – venda de faixas diferentes, venda de duas faixas, fim da neutralidade – não deverão prosperar. Mas não significa que a arrecadação será pequena, pois outras alternativas para a venda de quatro blocos de 10 MHz já estão na mesa, aumentando em muito o preço mínimo.

“O setor de telecom brasileiro tem poucas empresas que aplicam a longo prazo. Os aplicadores ficam pressionando para as operadoras darem lucro todo o trimestre. Não dá certo”, afirma Luiz Alberto Garcia, presidente do Conselho de Administração da Algar Telecom. Por  muito tempo ele esteve à frente da operadora e de todo o grupo, quando …

Em cinco anos, a Algar Telecom pretende dobrar de tamanho.  Esta é a  aposta da operadora, que foi homenageada hoje pela  Câmara dos Deputados pelos seus 60 anos de existência. É. São mesmo 60 anos.  O  grupo – familiar, mas com um forte componente de profissionalização e inovação – resistiu à estatatização das operadoras à …

A nuvem do Serpro, que continuará a atender apenas ao Governo Federal, e os serviços novos que estão sendo criados irão demandar muito mais consumo de dados, prevê Marco Mazoni. E o executivo assegura: ” os fornecedores privados não serão excluídos”.

MENU

Voltar