Blackberry registra prejuízo de US$ 304 milhões no ano fiscal de 2015


A fabricante canadense de smartphones Blackberry divulgou nesta sexta-feira (27) o balanço financeiro do ano fiscal de 2015, terminado em fevereiro. No período, a companhia amargou prejuízo de US$ 304 milhões. Apesar de ainda negativo, o resultado veio melhor que o registrado um ano antes, quando as perdas somaram US$ 5,8 bilhões.

Nesse tempo, a empresa ampliou a margem para 48,1%, ante os negativos 0,6% do ano fiscal de 2014. Com essa elevação de margem, conseguiu reduzir a perda mesmo após um faturamento bem menor: a receita no ano fiscal de 2015 foi de US$ 3,33 bilhões (ante US$ 6,8 em 2014).  A companhia também reduziu as despesas operacionais para US$ 2 bilhões – eram US$ 7 bilhões em 2014. No trimestre encerrado em fevereiro, a Blackberry reportou lucro de US$ 28 milhões e receita de US$ 660 milhões.

Europa, Oriente Médio e África mantiveram-se como mercados mais importantes para a companhia, representando 42,9% da receita. Em seguida vêm os Estados Unidos (31% do faturamento). América Latina é onde a empresa tem o pior desempenho (9,1% da receita), atrás da Ásia (17%), no último trimestre.

Também no trimestre, 42% da receita veio de hardware, 47% de serviços, e 10% de software. Cerca de 1,3 milhões de smartphones da marca foram vendidos. E o ticket médio por aparelho aumentou de US$ 180 para US$211.

Anterior Mdic prorroga consulta sobre PPB de informática e telecom
Próximos José Otero: Preparando a 5G, o padrão global