BlackBerry joga a toalha e desiste de fabricar celular


O fabricante de um dos primeiros smartphones do mundo, quando dominou por alguns anos o mercado de celulares inteligentes, conseguindo levar para a telefonia móvel de modo mais rápido o e-mail que o executivo recebia em seu computador, a Blackberry anunciou hoje, 28, que está deixando de fabricar os aparelhos e vai apenas licenciar a sua marca.

PRIV_blackberryO fabricante de um dos  primeiros smartphones do mundo, quando dominou por alguns anos o mercado de celulares inteligentes, conseguindo levar para a telefonia móvel, de modo mais rápido, o e-mail que o executivo recebia em seu computador, a Blackberry anunciou hoje, 28, que está deixando de fabricar os aparelhos e vai apenas licenciar a sua marca.

A fabricante canadense planeja encerrar todo o desenvolvimento interno de hardware, dependendo apenas de parceiros para lançar aparelhos com sua marca. Irá comprar projetos prontos, colocando sua marca e instalando sua própria versão do Android que poderá, inclusive, ser licenciada para outras empresas.

Com a entrada de novos players desse mercado, a empresa, que chegou a possuir mais de 50% do mercado de celulares dos Estados Unidos até 2010, não conseguiu reagir à concorrência, e, em 2014, registrou prejuízo de US$ 5,9 bilhões. Começou, então,  a mudar sua estratégia, confirmada hoje, para se dedicar apenas ao mercado de software.

 

Anterior Brasil cai de novo e fica na pior posição em ranking de competitividade
Próximos Oi abre canais HBO até 2 de outubro

1 Comment

  1. Marcio Duarte
    29 de setembro de 2016

    Sabem o que é isso? A Lei do retorno! Só Deus sabe o que eu sofri na ápoca em que administrava mais de 200 celulares da empresa onde trabalhava, destes quase 50 eram Blackberry’s (e 50 pacotes BIS), toda que vez que precisava suporte devido não recebimento de e-mails, receber e-mails duplicados ou o pior dos problemas, que era baixar novamente os e-mails de 1, 2 anos atras como se fossem não lidos, recebia como resposta ler o procedimento X, Y ou Z (E copiavam o tal procedimento), mesmo se eu abrisse 10 reclamações eram respondidos da mesma maneira… E eu ficava com aquele pepino na mão afinal, quem usava Blackberry tinha cargo elevado na empresa, e transmitia a sensação de incompetência afinal eu não conseguia resolver os problemas relatados, porque não tinha o devido suporte da Blackberry… Até que durante a renovação do contrato com a operadora decidi por conta própria e sem consultar a diretoria, substituir TODOS os Blackberry’s por Iphones e Androids, e desde então nunca mais tive problemas com e-mails…

    Só tenho uma coisa a dizer: Já vai tarde!