BlackBerry joga a toalha e desiste de fabricar celular


O fabricante de um dos primeiros smartphones do mundo, quando dominou por alguns anos o mercado de celulares inteligentes, conseguindo levar para a telefonia móvel de modo mais rápido o e-mail que o executivo recebia em seu computador, a Blackberry anunciou hoje, 28, que está deixando de fabricar os aparelhos e vai apenas licenciar a sua marca.

PRIV_blackberryO fabricante de um dos  primeiros smartphones do mundo, quando dominou por alguns anos o mercado de celulares inteligentes, conseguindo levar para a telefonia móvel, de modo mais rápido, o e-mail que o executivo recebia em seu computador, a Blackberry anunciou hoje, 28, que está deixando de fabricar os aparelhos e vai apenas licenciar a sua marca.

A fabricante canadense planeja encerrar todo o desenvolvimento interno de hardware, dependendo apenas de parceiros para lançar aparelhos com sua marca. Irá comprar projetos prontos, colocando sua marca e instalando sua própria versão do Android que poderá, inclusive, ser licenciada para outras empresas.

Com a entrada de novos players desse mercado, a empresa, que chegou a possuir mais de 50% do mercado de celulares dos Estados Unidos até 2010, não conseguiu reagir à concorrência, e, em 2014, registrou prejuízo de US$ 5,9 bilhões. Começou, então,  a mudar sua estratégia, confirmada hoje, para se dedicar apenas ao mercado de software.

PUBLICIDADE

 

Anterior Brasil cai de novo e fica na pior posição em ranking de competitividade
Próximos Oi abre canais HBO até 2 de outubro