Black Friday: Brasil se destaca entre sete mercados na plataforma da Adyen


shutterstock_ Jane0606_COMERCIO_ELETRONICO_INTERNET_WEBDados exclusivos da Adyen, fintech responsável por processar os pagamentos de alguns dos importantes e-commerces do país, como Netshoes, Dafiti e Amaro, mostram que o Brasil ficou novamente em destaque global na black friday. Durante o dia 24 de novembro, o volume de transações do e-commerce brasileiro na plataforma da Adyen triplicou em relação ao volume apresentado na sexta-feira anterior.

Esta é a maior taxa de aumento em comparação com sete grandes mercados onde a Adyen atua, incluindo EUA, que no mesmo período viu um aumento de 2,3 vezes; a Grã-Bretanha, com 1,9; Alemanha com 1,7, e França, com 1,5. O número registrado no Brasil este ano também supera o crescimento de 2016, quando o volume de transações em comparação à semana anterior à Black Friday cresceu 2,5 vezes.

O levantamento mostra que o consumidor brasileiro foi o que mais investiu nas compras, com um ticket médio 1,8 vezes maior em relação à sexta-feira anterior. Nos outros mercados avaliados, esse crescimento também ocorreu, mas ficou entre 1,1 e 1,3 vezes maior. “Este número pode indicar uma tendência do brasileiro a aguardar a Black Friday para investir em produtos de ticket médio mais alto, como dispositivos eletrônicos. Além disso, como os descontos são expressivos nas lojas online, o consumidor também acaba aumentando o número de itens que coloca em seu carrinho em comparação a uma data regular do varejo”, diz o vice-presidente Sênior da Adyen para a América Latina, Jean Mies. (Assessoria de Imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Adiado desligamento da TV analógica em cidades do interior paulista
Próximos AGU espera ter proposta para Oi antes da assembleia do dia 7