Bit social lança portal ARede educa na Campus Party


O portal ARede educa é o novo projeto da Bit Social, entidade sem fins lucrativos apoiada pela Momento Editorial, que durante dez anos editou a revista Arede que deixou de circular a partir de janeiro deste ano. Já no ar, o portal substitui a versão eletrônica da revista ARede, com uma cobertura ágil sobre tecnologia e educação, na escola e fora dela.

O ARede educa foi lançado hoje, na Campus Party, o maior encontro de entusiastas da tecnologia e cultura digital do mundo (criado na Espanha, tem edições em diversos países), que acontece em São Paulo até domingo, 8, reunindo mais de 8 mil inscritos.

O objetivo do portal, além de noticiário diário, é ser uma fonte de referência para educadores, com uma base de dados de estudos, artigos e informações relevantes. Traz também todo o conteúdo das cem edições da revista Arede e das edições do Anuário Arede. E conta com blogues de entidades parceiras e especialistas, todos do mundo da tecnologia e educação e cultura digital.

Segundo a jornalista Áurea Lopes, editora do portal, sua missão é atuar para fortalecer as políticas públicas de fomento ao uso de TICs nas escolas. “Vamos mostrar boas práticas pedagógicas apoiadas por tecnologia, dar dicas de soluções e ferramentas, fomentar a troca de saberes e buscar todas as informações e opiniões que ajudem educadores e gestores a melhorar seus projetos pedagógicos por meio das TICs. Continuamos na defesa da internet livre, do conhecimento livre, da proteção aos dados pessoais e de todas as bandeiras que ARede ajudou a construir, ao longo de sua história”.

Anterior Berzoini estabelece multa máxima de R$ 89 mil para radiofifusão
Próximos Reclassificação da banda larga nos Estados Unidos também vai enquadrar redes móveis