Bernardo: Dilma vai assinar desoneração de smartphones nos próximos dias


O ministro da Comunicações Paulo Bernardo mais uma vez se arriscou a dizer que a desoneração fiscal de smartphones “sairá nos próximos dias”. A medida, que estaria sendo adiada à pedido do Ministério da Fazenda, estava prevista para sair antes de dezembro, para o Natal. Depois, o prazo se alongou para o Carnaval. 

Agora, diz ele, o decreto sairá: “A Dilma [Rousseff] disse que vai ligar para o Guido [Mantega] para dizer que vai assinar”, disse Bernardo com conversa com jornalistas nesta terça-feira (5), após encontro com representantes de operadoras de telecomunicações e o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. 

Para destravar a medida, Bernardo disse que o governo abrirá mão de modificar o Processo Produtivo Básico (PPB), uma medida que visaria a exigência de embarque de soluções desenvolvidas no país, entre elas aplicativos. 
 

PUBLICIDADE
Anterior Ministro se diz favorável a regulação dos artigos da Constituição que tratam da comunicação eletrônica
Próximos Justiça manda Oi criar postos de atendimento presencial em cidades de Pernambuco