Base de telefonia móvel perde 905 mil acessos em outubro


A base de telefonia móvel voltou a encolher em outubro, conforme dados revelados hoje, 4, pela Anatel. Os dados indicam saldo de desligamentos de 905,9 mil chips no mês, em relação a setembro. Isso equivale a uma retração de 0,39%. Ao todo, o país tinha 233,34 milhões de acessos em outubro, ante 234,25 milhões em setembro.

A operadora que mais desligou acessos foi a Oi, com 731,5 mil chips desconectados – retração de 1,88%. Já a Vivo desligou 436 mil chips, ou, -0,59%. Nextel e TIM, por sua vez, acrescentaram clientes a suas carteiras.

Operadoras 2018-09 2018-10 Saldo Variação %
ALGAR (CTBC TELECOM) 1.289.852 1.289.852 0 0,00%
DATORA 332.436 372.527 40.091 12,06%
NEXTEL 3.184.930 3.242.664 57.734 1,81%
OI 38.906.074 38.174.572 -731.502 -1,88%
Outras 94.547 95.488 941 1,00%
PORTO SEGURO 754.393 783.937 29.544 3,92%
PREFEITURA DE LONDRINA/COPEL 64.186 63.728 -458 -0,71%
TELECOM AMERICAS 58.953.626 58.924.651 -28.975 -0,05%
TELECOM ITALIA 56.241.461 56.404.229 162.768 0,29%
TELEFÔNICA 74.432.342 73.996.213 -436.129 -0,59%
Total Geral 234.253.847 233.347.861 -905.986 -0,39%

Tecnologias, pré e pós

O LTE segue em franca expansão. A tecnologia foi responsável por 1,2 milhão de adições no mês, e hoje representa base de 125,78 milhões de usuários (+0,98%). Seu crescimento se dá em detrimento do encolhimento do 2G (GSM) e do 3G (WCDMA). Este último encolheu nada menos que 3,37% no mês, ou seja, perdeu 2,1 milhões de acessos.

Tecnologias 2018-09 2018-10 Saldo Variação
CDMA 486 487 1 0,21%
Dados Banda Larga 2.453.340 2.413.396 -39.944 -1,63%
GSM 25.894.073 25.499.555 -394.518 -1,52%
LTE 124.564.727 125.783.209 1.218.482 0,98%
M2M Especial 7.926.952 8.093.091 166.139 2,10%
M2M Padrão 10.055.303 10.334.016 278.713 2,77%
WCDMA 63.358.966 61.224.107 -2.134.859 -3,37%
Total Geral 234.253.847 233.347.861 -905.986 -0,39%

O mercado pré-pago segue encolhendo. As operadoras desligaram 2 milhões desses acessos no mês de outubro, o equivalente a 1,49% da base. O pós, por sua vez, continua em expansão. Cresceu 1,2%, ganhando 1,1 milhão de acessos. Havia, no país em outubro, 136 milhões de acessos pré-pagos, contra 97 milhões pós-pagos.

A Vivo liderava no pós, com 40,9% do mercado. A segunda colocada era a Claro, com 23,27%, seguida pela TIM, com 20,48%, e Oi, com 10,37%. No pré, TIM era líder em outubro, com 26,8% dos acessos, ante 26,67% da Claro, 25,14% da Vivo e 20,62% da Oi.

Anterior PLC 79 é tema de discussão no plenário do Senado, mas votação continua indefinida
Próximos Primeiro trecho do projeto Piauí Conectado será lançado em janeiro

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *