Barulho em torno da 5G ainda tem reflexo incerto sobre marcas das operadoras


As empresas WPP e Kantar divulgaram na última semana o BrandZ, relatório sobre o valor de marcas globais. O material traz entre as categorias um ranking das marcas mais valiosas entre as operadoras de telecomunicações, liderado pela AT&T (veja abaixo).

O relatório aponta que este mercado enfrenta transformações, com empresas se consolidando e entrando cada vez mais profundamente no mercado do entretenimento e conteúdo. Indica, ainda, que as teles precisam explicar ainda para o consumidor o que é a quinta geração de telefonia móvel (5G) e que benefícios essa tecnologia trará.

A percepção, até aqui, é unicamente de que se trata de mais velocidade. Os clientes pouco distinguem termos técnicos, como latência. O BrandZ sugere que, entre outras coisas, o marketing das teles em torno da 5G deva ser humanizado e se ater a usos claros da nova tecnologia, como no segmento de jogos eletrônicos.

Charlotte Brown, diretora da Kantar, explica a situação: “As marcas das operadoras estão em uma situação precária com a 5G. As empresas creem que precisam ter a tecnologia, mas não sabem direito o motivo, e o custo de implantação é monumental. Então precisam comunicar algo que ainda não compreendem bem e não foi lançado”, resume.

O valor de cada marca

O ranking das 10 marcas mais valiosas entre as operadoras de telecomunicações do mundo é dominado por norte-americanas. Mas tem a presença de Alemanha, China, Reino Unido, França, Japão e Espanha. Veja, abaixo, a lista completa.

Rank 2019 Marca País de Origem Valor da Marca 2019 ($M) Variação no valor
1 AT&T EUA 108.375 2%
2 Verizon EUA 94.598 11%
3 Xfinity EUA 48.889 14%
4 Deutsche Telekom Alemanha 44.219 7%
5 China Mobile China 39.423 -15%
6 Spectrum EUA 38.423 -2%
7 Vodafone R.U. 26.499 -8%
8 Orange França 20.728 6%
9 NTT Japão 20.070 -10%
10 Movistar Espanha 19.361 -15%

A variação positiva do valor das marcas das operadoras norte-americanas se deve ao lançamento no mercado local da 5G. No caso específico da AT&T, houve ainda impacto da fusão com a Time Warner.

A Telefônica, cuja marca Movistar ficou em 10º lugar no ranking, perdeu valor em relação à pesquisa do último ano em função da forte volatilidade econômica vista na América Latina.

Anterior Apple supera o Google em valor de marca
Próximos Amos Genish deixa o conselho da Telecom Italia