Banda larga popular da Oi chega a mais 150 cidades


A banda larga popular da Oi já está disponível em mais 150 municípios do país. Até agora, 1.382 municípios foram beneficiados com o Oi Velox nos moldes do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), resultado do termo de compromisso assinado pela operadora com o Ministério das Comunicações.

As cidades contempladas em maio estão distribuídas em 17 estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pernambuco, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Sergipe e Tocantins. Somando-se aos 1.382 municípios contemplados, a oferta de Oi Velox nos moldes do PNBL está presente em 24 estados.

O Oi Velox nos moldes do PNBL oferece velocidade de 1Mbps e custa R$ 35 por mês. Nos estados em que foi concedida isenção de ICMS para serviços de banda larga, a oferta é feita a R$ 29,90 mensais. Em ambos os casos, o cliente não precisa pagar pelo modem, cedido em regime de comodato. O cliente tem também a opção de escolher um provedor de acesso gratuito, conforme lista de empresas que atuam em parceria com a Oi, ou pagar por esse serviço, caso prefira um provedor que também seja parceiro da companhia, mas cobre pelo serviço.

Conforme previsto no termo de adesão ao PNBL, o cliente pode optar também por uma oferta de serviços que inclua, além do Oi Velox nos moldes do PNBL, o Oi Fixo. Os detalhes sobre as condições comerciais das ofertas estão disponíveis no site da companhia (www.oi.com.br) e também podem ser consultados por meio de um número de televendas com ligação gratuita (0800 031 0001), que atende os interessados em adquirir as novas ofertas.

Nas cidades beneficiadas, o serviço está disponível para novos clientes e também para os já assinantes. Para facilitar a adesão, a Oi parcelou o valor da habilitação em dez vezes de R$ 9,90 por mês na fatura do plano. Em atendimento ao compromisso assumido com o Governo Federal, o limite de download mensal, inicialmente estabelecido em 500 Mbytes, terá que ser dobrado para um Gigabyte a partir de julho de 2013.

Lista dos municípios atendidos em maio de 2012:

AL- Igreja Nova, Minador do Negrão, Jacuípe, Estrela de Alagoas, Flexeiras, Tanque D’Arca, Jequiá da Praia, Santana do Mundaú
BA – Bom Jesus da Serra, Antonio Cardoso, Nova Itarana, Igrapiúna, Pedrão, Gavião, Santanópolis, Guajeru, Lafaiete Coutinho, Lamarão,Itanagra, Varzedo, Ouricangas, Cravolândia, Jandaíra, Ipecaetá, Caraíbas, Malhada de Pedras, Nordestina
CE – Moraújo, Senador Sá, Deputado Irapuan Pinheiro, Guaramiranga, Palhano, Banabuiú, Mulungu, Altaneira, Quixelô, Meruoca, Jati, Arneiroz
ES – Alfredo Chaves, Apiacá, Alegre, Vila Valério, Ponto Belo, Governador Lindenberg, Guarapari
GO – Bom Jesus de Goiás, São Miguel do Araguaia, Ipameri
MA – Jatobá, Governador Newton Bello, Jenipapo dos Vieiras, Nina Rodrigues, Junco do Maranhão, Araguanã, Presidente Médici, Igarapé do Meio, Bernardo do Mearim, Bela Vista do Maranhão, Itaipava do Grajaú, Centro Novo do Maranhão, Maranhãozinho, Lajeado Novo
MG – Douradoquara, Vargem Bonita, Cascalho Rico, Carrancas, Olaria, Queluzito, Monjolos, São Sebastião da Vargem Alegre, Wenceslau Braz, Catas Altas da Noruega, Pedra do Indaiá, Rosário da Limeira, Antonio Prado de Minas, Tocos do Moji, Dom Viçoso, Rubelita, Alagoa, Toledo, Oratórios, Vieiras
MT- Glória d’Oeste
PB – Borborema, Pilõezinhos, Gado Bravo, Riachão do Bacamarte, Caldas Brandão, Casserengue, Pilões, Campo de Santana, Mataraca
PE – Agrestina, Buíque, Canhotinho, Escada, Correntes
PI – Cabeceiras do Piauí, São Gonçalo do Piauí, Alagoinha do Piauí, Brasileira, Bocaina, Sigefredo Pacheco, Joaquim Pires, Boqueirão do Piauí, Alegrete do Piauí, Sussuapara, Cocal de Telha, Francinópolis, Barro Duro, Marcolândia, Padre Marcos, Matias Olímpio, Francisco Santos, São José do Piauí, Novo Oriente do Piauí
PR – Rolândia, Ibaiti
RN – Goianinha, Monte Alegre, Santa Maria, Jundiá, Lajes Pintadas, Bento Fernandes, Boa Saúde, Januário Cicco, Serrinha, Itajá, Pedro Avelino, Jandaíra, Senador Georgino Avelino, Ielmo Marinho
RO – Itapuã do Oeste, Teixeirópolis, Primavera de Rondônia
RS – Cerro Grande, Braga
SC – São Bernardino, Santiago do Sul
SE – Malhada dos Bois, Cumbe, Santa Rosa de Lima, Arauá, Pedrinhas, Pacatuba, Siriri
TO – Novo Alegre, Nazaré, Couto de Magalhães, São Salvador do Tocantins.(Da redação, com assessoria de imprensa)

Anterior NEC reforça área de integração e aposta nas cidades digitais
Próximos Valente, da Telefônica, quer negociar uso da faixa de 700 MHz com radiodifusores