Banda larga móvel tem crescimento de 138% em 2010


A banga larga móvel teve crescimento de 138% no Brasil em 2010 segundo o “Balanço Huawei da Banda Larga” realizada pela Teleco. De acordo com o levantamento, a banda larga fixa cresceu  apenas 21% no mesmo período e as projeções para 2011 são de 32 milhões de clientes para a banda larga móvel e 17 milhões na banda larga fixa no país. No mundo, o acesso na banda fixa cresceu 17,8% enquanto na banda larga móvel foi de 33,7%.

Conforme Eduardo Duke, presidente da Teleco, no Brasil, apenas 0,1% das conexões de banda larga fixa eram de fibra em 2010 e o crescimento só deve ser efetivo após a aprovação do PLC 116, em tramitação no Congresso.

O primeiro trimestre de 2011 terminou com 22,9 milhões de acessos de banda larga móvel via terminais 3G, e 1,5 milhão via terminais não-3G (aceitos pela Anatel na categoria devido às velocidades acima de 256 Kbps). O levantamento concluiu também que o primeiro trimestre de 2011 consolidou a tendência de que mais pessoas deverão acessar a internet por meio de smartphones uma vez que um em cada quatro aparelhos vendidos no país já são desse tipo Esse já é o segundo semestre que a venda dos aparelhos superou a de Pcs.

Apesar disso, há de se considerar que segundo pesquisa da Accision de outubro de 2010, 57% dos usuários de smartphones não acessam o serviço. Ou seja, tem o aparelho capaz de utilizar o serviço, mas o preço não atrativo desencoraja o uso.

A pesquisa comprovou que há aumento de 45% no faturamento dos serviços móveis das operadoras no ano passado, o que representa 17% da receita de serviços. A receita de dados cresceu aceleradamente e chegou ao patamar de 45% em 2010.

Anterior Lelião de fibra óptica provoca rebelião de operadoras de telecom por direito de passagem
Próximos São Paulo está em 14 º no Índice de Cidades Conectadas da Ericsson