Baixo rendimento da bateria dos smartphones 4G é a principal queixa dos usuários


Em um estudo divulgado hoje (15), a J.D. Power and Associate, empresa de consultoria e defesa do consumidor, afirma que a duração da bateria de smartphones é o maior motivo de frustração entre os consumidores. Os aparelhos com tecnologia 4G são os mais criticados, já que uma parte substancial de sua bateria é usada na busca pelo sinal da rede LTE, mais escasso do que o da 3G. Além disso, os usuários de smartphones de quarta geração usam a internet de forma mais intensiva.

Segundo o relatório, tanto as operadoras quanto os fabricantes reconhecem que a duração da bateria precisa ser aperfeiçoada, algo que de acordo com a J.D Power and Associate precisa ser feito com urgência, sob risco de haver um aumento no retorno de mercadorias e troca de aparelhos. Um usuário de smartphone satisfeito tende a comprar a mesma marca de aparelho, enquanto o dono de um equipamento com problemas de bateria está propenso a trocar de marca. Apenas 25% dos proprietários de telefones com LTE estão muito satisfeitos com o rendimento do aparelho.

(Fonte: Da redação)

Anterior Clientes Oi podem trocar pontos por descontos em tablets
Próximos Anatel aprova transferência de controle da TVA para Telefônica